Gênesis 35 — Comentário Devocional

Gênesis 35

35.2 Por que a casa de Jacó tinha estes ídolos? Algumas vezes, os ídolos eram vistos mais como talismãs do que como deuses. Alguns israelitas, embora adorassem a Deus. mantinham ídolos em suas casas para dar sorte. Jacó acreditava que os ídolos não deveriam ter lugar em sua casa e não queria quo nada viesse desviar o foco espiritual da sua família. Desse modo, mandou que todos se desfizessem dos ídolos. Os ídolos podem destruir a nossa vida se não nos livrarmos deles. Quais ídolos você possui? Um ídolo pode ser qualquer coisa que colocamos à frente de Deus. Não são necessariamente objetos tísicos; também podem ser pensamentos ou desejos. Assim como Jacó, devemos nos livrar de tudo o que possa estar entre nós e Deus.

35.4 Nos dias de Jacó, os brincos eram usados como amuletos para dar boa sorte e afastar o mal. A família de Jacó precisava livrar-se de todas as influências pagas, incluindo as lembranças dos deuses pagãos.

35.10 Deus lembrou a Jacó o seu novo nome, Israel, que significava “aquele que luta com Deus”. Embora a vida de Jacó fosse pontilhada de dificuldades e desafios, seu novo nome foi um tributo ao seu desejo de permanecer perto de Deus a despeito das decepções da vida. Muitos acham que o cristianismo deve oferecer uma vida livre de problemas. Consequentemente, quando surgem as provações, eles retiram-se desapontados, quando deveriam decidir permanecer com Deus durante a tempestade. Os problemas e as dificuldades são inevitáveis; você precisa vê-los como oportunidades de crescimento. Não se pode prevalecer com Deus a monos que haja dificuldades a vencer.

35.13, 14 Este óleo utilizado para ungir a coluna de pedra era óleo de oliva do mais alto grau de pureza. Sendo muito caro. usá-lo demonstrava o alto valor dado ao objeto ungido. Assim. Jacó estava demonstrando enorme respeito pelo local onde se encontrara com Deus.

35.22 O pecado de Rúben custou caro. embora não imediatamente. Como filho mais velho, ele deveria receber uma porção dobrada da herança familiar e uma posição de liderança entre seu povo. Rúben pode ter pensado que estava livre de seu pecado. Este não mais é mencionado até Jacó. em seu leito de morte, reunir sua família para a bênção final. De repente Jacó tomou a porção dobrada de Rúben e a deu a outro. O motivo? “... porquanto subiste ao leito de teu pai. Então o contaminaste; subiste á minha cama.” (49.4) As consequências do pecado podem nos alcançar muito tempo após ele ter sido cometido. Ao cometermos um erro. Podemos pensai que escapamos despercebidos, apenas para descobrir mais tarde que aquele pecado tem. sutilmente, produzido sérias consequências.

Índice: Gênesis 1 Gênesis 2 Gênesis 3 Gênesis 4 Gênesis 5 Gênesis 6 Gênesis 7 Gênesis 8 Gênesis 9 Gênesis 10 Gênesis 11 Gênesis 12 Gênesis 13 Gênesis 14 Gênesis 15 Gênesis 16 Gênesis 17 Gênesis 18 Gênesis 19 Gênesis 20 Gênesis 21 Gênesis 22 Gênesis 23 Gênesis 24 Gênesis 25 Gênesis 26 Gênesis 27 Gênesis 28 Gênesis 29 Gênesis 30 Gênesis 31 Gênesis 32 Gênesis 33 Gênesis 34 Gênesis 35 Gênesis 36 Gênesis 37 Gênesis 38 Gênesis 39 Gênesis 40 Gênesis 41 Gênesis 42 Gênesis 43 Gênesis 44 Gênesis 45 Gênesis 46 Gênesis 47 Gênesis 48 Gênesis 49 Gênesis 50