2019/09/11

Estudo sobre Romanos 8:24-25

Estudo sobre Romanos 8:24-25

Estudo sobre Romanos 8:24-25


Romanos 8:24-25

Com boa razão seguem-se observações generalizadoras sobre o estado cristão da salvação. Com a redenção abrem-se de imediato dimensões de esperança abrangente. Porque, na (“em direção da”) esperança, fomos salvos. Os primeiros cristãos chamavam praticamente atenção no seu contexto pela alegria prévia. No entanto, essa alegria prévia podia afogar-se na alegria pelo presente. Há um “cristianismo do sorriso” que, rodeado pelo sofrimento do mundo, encontrou uma maneira de celebrar com eficácia propagandística sua prosperidade e seu bem-estar. Essa mentalidade ocupou Paulo especialmente em 2Co. Ora, esperança que (já) se vê (realizada) não é esperança; pois o que alguém vê, como (ainda) o espera?

Paulo retorna ao assunto da atual pressão do sofrimento, experimentada segundo os v. 18,23 exatamente pelos que têm o Espírito. Ele testemunha esperança autêntica. Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos. A última mensagem deste trecho contém, portanto, a palavra “paciência”. Ela não tem função de um final de frase que desaparece aos poucos, mas de um alvo visado pelo todo. Não ignoramos que Paulo continua de imediato: “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste…” (v. 26, cf a opr deste trecho), de modo que ele anuncia retroativamente experiências de apoio espiritual. O Espírito que nos faz gemer (v. 23) também nos dá assistência para podermos continuar sendo pessoas esperançosas. A dureza e o volume do que suportamos poderia assumir um grau tão intenso e exercer uma pressão tamanha que o presente ameaçasse obscurecer completamente o futuro. Mas, se a esperança se descolore, perde-se a paciência com a atualidade. Uma realidade presente, por sua vez, com a qual perdemos a paciência, nós a massacramos. Negamos a ela qualquer sentido, comportando-nos dentro dela de forma correspondente. Porém, por meio do Espírito “o Deus da paciência” (Rm 15.5) está presente e soergue e capacita os lamentosos: “Que a esperança que vocês têm os mantenha alegres; aguentem com paciência os sofrimentos” (Rm 12.12 [BLH]).

Aprofunde-se mais!
Estudo sobre Romanos 8:24-25

Nenhum comentário:

Postar um comentário