2009/06/22

Comentário de João 12:46-47

12:46 - Eu sou a luz que veio ao mundo,… E até mesmo a luz do mundo, sendo o sol da justiça, que devia se erguer, e estava já erguido, para iluminar os homens comentario do evangelho de João, comentario biblicocom a luz dos viventes; veja João 3:19.

Aquele que crê em mim, não habita na escuridão;...
Os próprios eleitos de Deus, enquanto que em um estado não regenerado e de incredulidade, estão na escuridão; quando Cristo brilha sobre eles, e infunde-lhes a luz da fé, eles já não estão na escuridão; a escuridão é passado, pelo menos em grande medida, bem como a verdadeira luz brilha, e quem vê a luz, vê a graça e a glória de Cristo, e as realidades do outro mundo invisível: nem continua nas trevas do pecado, ignorância e incredulidade; porém andam na luz da verdade, fé e santidade, até que o dia perfeito venha,[1] quando todas as sombras das trevas fugirão.

12:47 - E se qualquer homem ouvir minhas palavras e não crê,... Os homens podem ouvir o Evangelho de Cristo, e não entendê-lo, e eles podem entendê-lo literal e gramaticalmente, mas não espiritual e experimentalmente, e não acreditam nele, não tanto como crédito ou a ponto de dar um parecer favorável à verdade, mas o rejeitam e o negam, embora a fé venha pelo ouvir para alguns,[2] ela não vem para todos: alguns não recebem qualquer lucro por ouvi-lo, porque não é misturado com a fé por eles. A cópia Alexandrina, e todas as versões orientais, e também Nonnus, leem a última frase assim: "e não as mantém", ou não as observa, por negligência deles, e não mostram respeito, e não dão obediência da fé à verdade.

Eu não o julgo;... Eu não o acuso diante do Pai, nem eu o condeno, nem me vingarei dele por fazer isso; querendo dizer que ele não deve fazer nenhuma dessas coisas agora; embora no futuro ele será uma testemunha veloz contra estes, e os convencerá e condenará pelos seus pecados, e lhes dará a sentença, e os executará:

Pois eu não vim para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Cristo, na sua primeira vinda, não veio com esse caráter de Juiz, mas Salvador; portanto, apropriado ao seu caráter, e a finalidade de sua vinda, ele não acusará, condenará, ou julgará algum homem, nem mesmo o pior descrente, e os desprezadores de sua pessoa, mas o deixará para outro dia, quando o julgamento justo acontecerá.


___________
Notas

[1] Cf. Provérbios 4:18, 19. N do T.
[2] Cf. Romanos 10:17. N do T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário