2009/06/23

Comentário de João 14:10-11

14:10 - Não acreditas que eu estou no Pai?... Isso é, e sempre deverá ser o assunto da fé, “eu estou no Pai”.comentario biblico, evangelho de joão, novo testamento

E o Pai está em mim;… Uma frase que é bastante expressiva da unicidade da natureza no Pai e no Filho; da qualidade perfeita do Filho com o Pai, visto que o Filho está no Pai, assim como o Pai está no Filho; e também da distinção pessoal que há entre eles. O Pai tem que ser distinto do Filho que está nele, e o Filho deve ser distinto do Pai, em quem ele está; o Pai e o Filho, embora da mesma natureza, não podem ser um, e a mesma pessoa:

As palavras que eu vos falo, não falo de mim mesmo. As doutrinas que eu prego entre vós são prova do que eu afirmo; pois elas não vêm de mim mesmo, como homem.

Mas o Pai que habita em mim;… E assim prova que eu sou verdadeiramente Deus, da mesma natureza com o Pai; que ele está em mim, e eu nele; isso é próprio apenas de mim, o Filho unigênito, que está no seio do Pai, somente eu posso ter declarado e feito manifesto ele a vós; da mesma forma, as obras que eu faço, como homem, eu não faço de mim mesmo; mas...

Ele faz as obras: Pois assim essa passagem deve ser entendida e acrescentada, na qual Cristo procede a outro argumento, tomado de suas palavras, provando que o Pai está nele, e que ele está no Pai, e que é aumentado em João 14:11.

14:11 - Crede em mim, que eu estou no Pai, e o Pai em mim,... Tomem a minha palavra como a verdade disto; pois podeis vos assegurar que nada é mais certo do que isso; crede em minha declaração assim, ou creiam por causa das doutrinas que eu vos disse, que são tais como nunca homem algum falou, e foram entregues de tal maneira, e com tal autoridade, como nunca seria por um mero homem. Algumas cópias leem como uma interrogação, e assim a versão Etíope; e a Vulgata Latina traduzem: "não credes vós?"

Ou antes, creiais por causa das obras: Se referindo as suas obras milagrosas, tais como levantar os mortos, limpar os leprosos, fazendo os surdos ouvirem, e dando vista aos cegos; e que ninguém, a não ser uma pessoa divina poderia fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário