2009/06/25

Comentário de João 19:13

Quando Pilatos, pois, ouvi essas palavras,... Dos Judeus, de qcomentario biblico, evangelho de joão, novo testamentoue a libertação de Jesus iria demonstrar uma inimizade com César, e insinuaram de que eles iriam acusá-lo ao César de traição e infidelidade, em deixarem ir um homem que fazia pretensões de ser um rei em seu território; e conhecendo bem os ressentimentos e suspeitas de Tibério, e temendo que isso voltasse para o seu próprio descrédito e desvantagem, imediatamente...

Ele trouxe Jesus para for a do salão de julgamento, o lugar onde ele tinha sido examinado; não para declarar a sua inocência, nem para mover a piedade deles, nem para libertá-lo, mas para passar a sentença sobre ele.

E ele assentou-se no trono de julgamento: Para esse propósito. Ele tinha sentado pouco durante esse tempo, mas estava constantemente indo para dentro e para fora a fim de examinar Jesus, e para conversar com os Judeus; mas agora ele toma o seu lugar, e senta-se como um juiz, para dar as últimas ordens neste assunto; e onde ele se sentou.

No lugar que é chamado o pavimento, mas em Hebraico, Gabbatha. Esse lugar, na lingual grega, era chamado “Lithostrotos”; ou “o pavimento de pedras”, como a versão Siríaca verte isso: é pensado ser a sala “Gazith”, na qual o Sinédrio sentava no templo quando eles tratavam de causas capitais (t); e foi assim chamado, porque ele foi pavimentado com rochas lisas e talhadas:

“Ficava situado na parte norte; metade dela era sagrada, e a outra metade comum; e ela tinha duas portas, uma para aquela parte que era sagrada, e uma outra que era comum; e nesse metade que era comum o Sinédrio se sentava (u).”

De forma que nessa parte, e perto dessa porta, Pilatos, embora um Gentio, podia entrar. Esse lugar, na língua dos Judeus, que nesse tempo falava Siríaco, era “Gabbatha”, devido a sua altura, como deve parecer; embora as versões Siríacas e Persa leiam “Gaphiphtha”, que significa um cercado. A menção é feita no Talmude (w) da parte superior de “Gab” na montanha da casa; mas se é o mesmo que essa “Gabbaths”, e que esse seja o mesmo com câmara “Gazith”, não é certo. A Septuaginta usa a mesma palavra que João aqui, e a chama pelo mesmo nome do pavimento do tempo em que os Israelitas adoravam a Deus, 2 Crô. 7:3.


____________
Notas

(t) Gloss. em T. Bab. Avoda Zara, fol. 8. 2.
(u) T. Bab. Yoma, fol. 25. 1. Maimon. Hilch. Beth Habbechira, c. 5. sect. 17. Bartenora em Misn. Middot, c. 5. sect. 3.
(w) T. Bab. Sabbat, fol. 115. 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário