2016/02/12

Mateus 1 — Interpretação Bíblica

Mateus 1 — Interpretação Bíblica

Mateus 1 — Interpretação Bíblica

Mateus 1 Os antepassados de Jesus Cristo 1.1-17
Esta lista dos nomes dos antepassados de Jesus Cristo quer mostrar que ele é o Messias, isto é, o Rei dos judeus, em quem a história de Israel chega a seu ponto alto. A lista passa pelo rei Davi (Mt 22.41-45; At 2.29-36; Rm 1.3), o mais famoso rei de Israel, e chega até Abraão (Gl 3.16), o patriarca por meio de quem Deus iria abençoar todos os povos do mundo (Gn 12.3). A lista de antepassados em Lucas é diferente (ver Lc 3.23-28, n.).
1.3 a mãe deles Os judeus não costumavam incluir mulheres numa lista de antepassados. Nesta lista aparecem quatro: Tamar, Raabe, Rute e Bate-Seba. Tamar A nora de Judá (Gn 38.6-30; Rt 4.12).
1.5 Raabe Prostituta da cidade de Jericó (Js 2.1-21; 6.17-25; Hb 11.31; Tg 2.25). Rute Uma estrangeira, do país de Moabe (Rt 1.4).
1.6 a mulher que tinha sido esposa de Urias Bate-Seba (2Sm 12.24). Salomão Em Lc 3.31, o filho de Davi que aparece na lista dos antepassados de Jesus é Natã (2Sm 5.14).
1.11 levados como prisioneiros para a Babilônia Em 597 a.C., o rei Nabucodonosor, da Babilônia, conquistou Jerusalém e levou consigo, como prisioneiros, muitos dos moradores (2Rs 24.10-16; 2Cr 36.9-10; Jr 27.11-20). Em 538 a.C., Ciro, rei da Pérsia, que um ano antes tinha conquistado a Babilônia, permitiu que eles voltassem ao seu país, a terra de Israel.
1.12 Zorobabel O líder dos judeus que voltaram para o seu país (Ed 3.2; Ag 1.1,12; Zc 4.6-10).
1.17 catorze É possível que este número tenha algo a ver com o nome de Davi, pois a soma do valor numérico das consoantes desse nome, em hebraico (“David”), dá catorze: d (4) + v (6) + d (4) = 14.
O nascimento de Jesus Cristo 1.18-25
No v. 16, o autor informa que José foi marido de Maria, mãe de Jesus. Não diz que José foi o pai de Jesus, pois isso não seria verdade. Mas José é o pai adotivo de Jesus, o pai segundo a lei. Mt 1.18-25 explica como José veio a ser esse pai adotivo do Messias, ao dar-lhe o nome de Jesus (v. 25). Mateus mostra também que o nascimento de Jesus aconteceu como Deus havia prometido por meio do profeta Isaías (Is 7.10-16).
1.18 Maria... José... Espírito Santo Lc 1.27,35.
1.19 o contrato de casamento Segundo o costume dos judeus daquele tempo, o noivado era um contrato, feito algum tempo antes do casamento, que só podia ser desmanchado pelo divórcio. José e Maria já tinham esse contrato, mas ainda não tinham casado. sem ninguém saber Sabendo da gravidez de Maria, José resolve desmanchar o contrato de casamento. Se fizesse isso abertamente, estaria difamando Maria, pois teria de dizer que, na opinião dele, Maria o tinha traído. Por ser “um homem que sempre fazia o que era direito”, José resolveu fazer isso sem ninguém saber.
1.20 descendente de Davi José, o pai adotivo de Jesus, era da linhagem do rei Davi. Isso é importante, pois faz de Jesus um descendente de Davi. receber Maria como sua esposa O anjo pede a José que não cancele os planos do casamento.
1.21 você porá nele o nome Em Lc 1.31, o anjo diz para Maria fazer isso. Jesus Em hebraico, este nome quer dizer “O Senhor Deus salva”.
1.22 para se cumprir Esta expressão ou outra semelhante aparece também em Mt 2.15,17,23. Mateus faz questão de mostrar que estes acontecimentos da infância de Jesus cumprem a vontade de Deus revelada pelos profetas.
1.23 “A virgem ficará grávida...” A citação é de Is 7.14, segundo o texto grego da Septuaginta. O texto hebraico é mais amplo: “a jovem que está grávida”. que receberá o nome Literalmente: “eles porão nele o nome”. Mateus parece estar fazendo uma tradução própria de Is 7.14, pois não segue nem o texto hebraico, que tem: “ela porá nele o nome”, nem a Septuaginta, onde se lê: “você porá nele o nome”.

Índice: Mateus 1 Mateus 2 Mateus 3 Mateus 4 Mateus 5 Mateus 6 Mateus 7 Mateus 8 Mateus 9 Mateus 10 Mateus 11 Mateus 12 Mateus 13 Mateus 14 Mateus 15 Mateus 16 Mateus 17 Mateus 18 Mateus 19 Mateus 20 Mateus 21 Mateus 22 Mateus 23 Mateus 24 Mateus 25 Mateus 26 Mateus 27 Mateus 28


Nenhum comentário:

Postar um comentário