2019/08/22

Interpretação de 2 Samuel 1

Interpretação de 2 Samuel 1

Interpretação de 2 Samuel 1



2 Samuel 1

9. Mata-me. Esta narrativa discorda da narrativa da morte de Saul em I Sm. 31:3 e segs. Seria improvável que Saul estivesse apoiado em sua lança e não fosse socorrido pelos guerreiros israelitas, quando os carros filisteus o atingiram, e tivesse de chamar um estrangeiro que apenas passava por ele. A história foi, em parte, inventada pelo amalequita na esperança de obter melhor recompensa de Davi. O homem provavelmente encontrou Saul depois de morto, antes que os filisteus voltassem para despojar os mortos. Pois me sinto vencido de câimbra. A palavra hebraica traduzida para câimbra tem sido diversamente vertida para “tonteira”, “vertigem”, “angústia” e “cãibra”. Os comentaristas judeus traduzem: “estou tomado de câimbra e não posso mais defender-me”.
10. Bracelete. Nas esculturas assírias, os guerreiros são geralmente apresentados usando tais ornamentos. Eram realmente braceletes que se usavam no braço, acima do cotovelo.
12. Choraram . . . por Saul. A única tristeza profunda pela morte de Saul foi sentida pela pessoa que ele mais odiou e perseguiu durante tantos anos, até o momento de sua morte. Compare com o chorar de Jesus sobre a queda de Jerusalém, no momento em que ela ia destruí-Lo.
13. Estrangeiro. Este é o termo técnico usado para com um estrangeiro que morava em Israel e desfrutava de proteção, mas não de plenos direitos civis. Recebia o benefício da lei do descanso sabatino (Dt. 5:14), mas tinha de adotar a religião de sua comunidade se quisesse participar dos festivais religiosos. O estrangeiro foi mencionado junto com o órfão e a viúva, em legislação especial. Lutas de sangue, aventuras e descontentamentos devem ter provocado a origem desta instituição em Israel.
15. Lança-te sobre esse homem. Este justo castigo do amalequita impediu qualquer falsa acusação dos oponentes políticos de Davi quanto a que pudesse ter participado, direta ou indiretamente, na morte de Saul. Embora Davi tivesse numerosas oportunidades de matar Saul, ele sempre o considerou como ungido do Senhor.
17. Lamentação. Um termo técnico. De acordo com o costume, a lamentação pelos mortos era cantada por pranteadores profissionais (II Cr. 35:25), geralmente mulheres (Jr. 9:17). Aqui o próprio Davi lamentou a morte de Saul e Jônatas.
18. O Hino do Arco. Este é provavelmente o registro do costume de Davi de ensinar música militar para desenvolver espírito marcial. O Livro dos Justos foi mencionado em Js. 10:13 e 1 Reis 8:53 (LXX). Era uma história sobre as guerras de Israel (Jesurum; Dt. 32:15).
20. As filhas dos incircuncisos. O regozijo das filhas dos filisteus refere-se ao costume das mulheres celebrarem as vitórias de sua nação cantando e dançando (I Sm. 18:6).
21. Jamais será ungido com óleo. O escudo de Saul foi descrito por Davi como caído nas montanhas, sem polimento, não servindo mais para ser posto em ação, mas jogado como coisa sem valor, e esquecido. Antigamente, os escudos, quer feitos de couro ou metal, eram untados com óleo para conservação.
22. O arco de Jônatas. Jônatas foi celebrado pelo uso que sabia fazer do arco, enquanto Saul era conhecido pelo uso de sua espada. Nem voltou vazia. A figura oculta na passagem é a de um arco bebendo o sangue do morto, e da espada devorando sua carne (Dt. 32:42)
23. Amáveis . . . não se separaram. Apesar de suas naturezas diferentes, Davi reconhece que ambos foram corajosos e de bom caráter. Jônatas permaneceu leal ao seu pai, apesar de seu amor por Davi e apesar da inimizade de Saul para com o jovem. Águias . . . leões. O leve movimento ou rapidez de uma águia (Hc. 1: 8) e a força do leão são as características principais dos grandes heróis da antiguidade.
24. Escarlata . . . ouro. Eram os enfeites costumeiros da mulher hebreia (cons. Jr. 4:30). 

Índice: 2 Samuel 1 2 Samuel 2 2 Samuel 3 2 Samuel 4 2 Samuel 5 2 Samuel 6 2 Samuel 7 2 Samuel 8 2 Samuel 9 2 Samuel 10 2 Samuel 11 2 Samuel 12 2 Samuel 13 2 Samuel 14 2 Samuel 15 2 Samuel 16 2 Samuel 17 2 Samuel 18 2 Samuel 19 2 Samuel 20 2 Samuel 21 2 Samuel 22 2 Samuel 23 2 Samuel 24



Nenhum comentário:

Postar um comentário