2019/08/26

Interpretação de Números 19

Interpretação de Números 19

Interpretação de Números 19

Números 19
E. A Água Purificadora para Aqueles que se Contaminassem com Mortos. 19:1-22.
Os versículos de 1 a 10 explicam como esta água devia ser preparada, e o restante do capítulo diz como devia ser usada. Eleazar, o filho de Arão, devia supervisionar o sacrifício de uma novilha vermelha perfeita fora do acampamento. Devia aspergir o seu sangue na frente do Tabernáculo sete vezes e depois queimá-la inteiramente, incluindo o sangue, junto com madeira de cedro, hissopo e fazenda vermelha. As cinzas resultantes deviam ser usadas para o preparo da “água purificadora”; isto é, água para remoção da impureza cerimonial.
Uma pessoa contaminada por um morto devia ser considerada imunda durante sete dias. Adquiria a pureza cerimonial sendo aspergida com esta água no terceiro e sétimo dias. No sétimo dia devia lavar suas roupas e o corpo e, ao pôr do sol, estaria “limpa”. Aquele que deixasse de obedecer devia ser excluído da congregação como pessoa imunda.
2. Uma prescrição da lei. O que aqui foi chamado de lei doutrinária, mais tarde foi chamado de estatuto perpétuo, “eterno” (v.10). Portanto, o duplo propósito deste ritual era ensinar a Israel a pureza de Deus e preservar esta revelação às gerações futuras. Uma novilha vermelha, perfeita. Muitos têm tentado forçar interpretações alegóricas no uso desta novilha vermelha, nas quais cada detalhe, incluindo a cor do animal, recebe um significado espiritual. Seria melhor aceitarmos esta cerimônia como o faríamos com o quadro de um pintor, reconhecendo que, apesar do todo transmitir uma mensagem, os detalhes são insignificantes quando considerados independentemente. Hebreus 9:13, 14 aponta a mensagem desta lição objetiva – o povo de Deus precisa experimentar a purificação da impureza. Tal como as cinzas da novilha vermelha purificavam cerimonialmente o israelita contaminado, o sangue de Cristo satisfaz a justiça divina, purifica a consciência do pobre pecador e o restaura diante de Deus.
4. Espargirá para a frente da tenda da congregação. Este era o ato expiatório que expiava o pecado e aplacava a Deus (Lv. 16:14, 15). A vida de uma vítima pura e inocente substituía a vida da pessoa maculada, por causa disso esta oferta pelo pecado chamava-se hattei't (Nm. 19:9, 17).
9. Num lugar limpo, isto é, cerimonialmente limpo. Para a água purificadora. Mais corretamente água da impureza, aquela que remove a impureza. É oferta pelo pecado. O plano deste ritual era providenciar uma maneira simples de purificar os israelitas de uma contaminação muito comum. Eles sentiam em suas consciências o relacionamento que há entre o pecado e a morte e a necessidade da libertação da maldição que a morte representa, a maldição do pecado.
12. . . . se purificará. Como em 8:21, a expressão hebraica é ele se des-pecará. Embora signifique purificação, a ênfase está sobre a imundícia, não sobre a pureza, talvez porque ninguém pode ser realmente purificado se não compreender que o pecado é pecado.
13. Contamina o tabernáculo do Senhor. Um israelita contaminado pela morte poluiria tudo o que tocasse ou de que se aproximasse. Esta ideia do contágio da impureza cerimonial destaca-se nos versículos 14, 15 (cons. Ag. 2:13).
16. Em outro morto, ou nos ossos de algum homem, ou numa sepultura. Qualquer coisa relacionada com a morte contaminava. As pessoas não podiam evitar de se contaminarem ocasionalmente; por isso “a água purificadora” estava sempre à disposição. O sacerdote, contudo, estava proibido de se contaminar, exceto quando morriam seus parentes mais próximos (Lv. 21:1-3).
18. Um homem limpo tomará hissopo. Qualquer pessoa “limpa” podia realizar esta tarefa; não era necessário que fosse um sacerdote. O propósito desta provisão era tomar facilmente acessível a purificação do inevitável contato com a morte. 

Índice: Números 1 Números 2 Números 3 Números 4 Números 5 Números 6 Números 7 Números 8 Números 9 Números 10 Números 11 Números 12 Números 13 Números 14 Números 15 Números 16 Números 17 Números 18 Números 19 Números 20 Números 21 Números 22 Números 23 Números 24 Números 25 Números 26 Números 27 Números 28 Números 29 Números 30 Números 31 Números 32 Números 33 Números 34 Números 35 Números 36

Nenhum comentário:

Postar um comentário