2016/10/16

Apocalipse 9 — Exposição de Apocalipse

Apocalipse 9 — Exposição de Apocalipse

Apocalipse 9 — Exposição de Apocalipse


Apocalipse 9

9.1 UMA ESTRELA... POÇO DO ABISMO. A estrela que cai do céu é provavelmente um anjo que executa o julgamento divino; é citado como “ele”, no versículo 2 (no original). O poço do abismo é o lugar de aprisionamento dos demônios (cf. 11.7; 17.8; 20.1,3; Lc 8.31; 2 Pe 2.4; Jd 6). A besta, que é o anticristo, sai do abismo (11.7) onde Satanás ficará preso por mil anos (Ap 20.3).

9.3 VIERAM GAFANHOTOS. Estes gafanhotos representam um vultoso número de demônios e também intensa atividade demoníaca na terra, perto do fim da história (ver nota anterior; ver Mt 25.41 nota, sobre os anjos caídos). Têm o poder de escorpiões para causar dores e grandes sofrimentos (v. 10). Seu ataque é dirigido contra os ímpios na terra durante um período de cinco meses (vv. 5,10), mas não lhes será permitido atormentar os crentes (v. 4).
9.6 BUSCARÃO A MORTE E NÃO A ACHARÃO. A dor provocada pelos gafanhotos demoníacos é tão severa, que as pessoas desejarão morrer, mas não lhes será possível (vv. 5,6). Este julgamento revela (1) que a iniquidade e a impenitência, com toda certeza, receberão a retribuição divina (ver Rm 1.18 nota), e (2) que quando as pessoas se opõem a Deus e sua verdade, preferindo o mal, tornam-se vítimas de Satanás. Forças malignas tomarão posse da sua natureza, alma e vida (ver 1 Tm 4.1 nota; ver o estudo PODER SOBRE SATANÁS E OS DEMÔNIOS)
9.7 O ASPECTO DOS GAFANHOTOS. A aparência e o ruído dos demônios serão aterradores (vv. 7-9). Suas “couraças” (v. 9), talvez signifiquem que armas humanas não poderão destrui-los.
9.11 TINHAM SOBRE SI REI. O anjo que comanda os gafanhotos é chamado “Abadom”, que significa “destruição” (cf. Jó 26.6; Pv 15.11), ou “Apoliom”, que significa “destruidor”.
9.14 SOLTA OS QUATRO ANJOS. O sexto anjo solta quatro anjos, que devem ser anjos maus ou demônios, posto que os anjos santos não vivem presos. Os quatro anjos são soltos para matar uma terça parte da população do mundo (v. 15). São soltos junto ao rio Eufrates porque, na história do AT, a área do Eufrates simbolizava uma invasão militar através da qual Deus exerce julgamento (cf. Is 8.5-8; 10.5-7).
9.16 DUZENTOS MILHÕES. Os intérpretes bíblicos diferem grandemente entre si quanto ao significado dos duzentos milhões de cavaleiros. (1) Alguns dizem que representam espíritos demoníacos vindos do abismo, sob a liderança dos quatro anjos (v. 14; ver 9.3 nota). (2) Outros entendem que são tropas de cavalaria, representando muitos exércitos reunidos para batalha.
9.18 FOGO... FUMAÇA.. ENXOFRE. O que João viu, relembra o julgamento de Deus contra Sodoma e Gomorra (Gn 19.24,28; cf. Jd 7). Essas palavras são a advertência de Deus no sentido de que aqueles que andam nos caminhos pecaminosos de Sodoma, com toda certeza experimentarão o julgamento de Sodoma (Gn 19.14).
9.20 NÃO SE ARREPENDERAM. Nem mesmo o julgamento divino leva as pessoas ao arrependimento. Isso demonstra as profundezas da depravação humana, com seu apego aos prazeres pecaminosos (cf. Jr 17.9). Os pecados mais graves dos últimos dias e do período da tribulação são (vv. 20,21): (1) a adoração aos demônios e a prática do espiritismo, ocultismo e magia (Dt 32.17; 1 Co 10.20); (2) o homicídio e a violência; (3) a feitiçaria (gr. pharmakeia), que inclui drogas, ocultismo em geral e bruxaria (Ap 18.23; 21.8; 22.15; Gl 5.20; ver a nota seguinte); (4) imoralidade sexual e a pornografia; e (5) roubo e iniquidade (cf. Rm 1.24,28-31).

9.21 DAS SUAS FEITIÇARIAS. A feitiçaria aumentará muito nos últimos dias, antes do período da tribulação e durante ele (Ap 18.23; 21.8; 22.15; 1 Tm 4.1). A feitiçaria está vinculada ao ocultismo. Isso inclui a pretensa comunicação com os mortos, poderes sobrenaturais, paranormais e demoníacos, com o propósito de manipular ou influenciar coisas ou pessoas. O uso de drogas costuma fazer parte da feitiçaria.

Índice: Apocalipse 1 Apocalipse 2 Apocalipse 3 Apocalipse 4 Apocalipse 5 Apocalipse 6 Apocalipse 7 Apocalipse 8 Apocalipse 9 Apocalipse 10 Apocalipse 11 Apocalipse 12 Apocalipse 13 Apocalipse 14 Apocalipse 15 Apocalipse 16 Apocalipse 17 Apocalipse 18 Apocalipse 19 Apocalipse 20 Apocalipse 21 Apocalipse 22 

Nenhum comentário:

Postar um comentário