2018/05/23

DESTRUIR, DESTRUIÇÃO — Significado em Hebraico

DESTRUIR, DESTRUIÇÃO — Significado em Hebraico

O verbo ’ābad é uma palavra comum para “morrer”, ou, no caso de coisas, reputação, etc., “desvanecer”. (Os cognados em acádio, árabe e ugarítico expressam ideias similares.) No Piel e Hiphil, ele é usado transitivamente no sentido de matar ou quebrar (casas, ídolos, reinos). O Egito foi destruído (Êx 10: 7; KJV, NASB; “arruinado”, RSV, NVI), embora o Faraó não o admitisse. Josué avisou que se Israel pecasse, eles logo pereceriam da terra (Js 23:16). A cabaça de Jonas surgiu em uma noite e morreu em uma noite (Jon 4:10). As pessoas tolas e sem sentido perecem (Sl 49:10 [H 11]). O homem sem entendimento perecerá como os animais (Sl 49:20 [H 21]).

Provavelmente, a principal questão teológica sobre essa raiz é se ela se refere meramente à morte física ou também ao castigo eterno. Não é uma questão fácil. Obviamente, a palavra geralmente se refere a uma grande perda, na maioria dos casos, a morte. A famosa auto-dedicação de Ester, “Se eu perecer, pereci” (4:16), tinha seu auto-sacrifício de morte em vista - apenas isso.
Os versos que podem olhar além do túmulo para mais aflição para os ímpios podem ser listados: Sl 49:10 [H 11]; cf. vv. 12, 20 [H 13, 21]); 73:27 (cf. vv. 18, 19); 83:17 [H 18]; Provérbios 10:28; 11: 7 (cf. 24:20); e Ez 28:16. Esses versículos, como muitos outros, podem ser interpretados como se referindo apenas à morte do corpo. Mas eles estão em um contexto de consideração do futuro. A conclusão de uma pessoa será, sem dúvida, influenciada por considerações gerais. Se o AT “não acredita em nenhuma vida além da sepultura digna do nome”, como N. Snaith diz (DIOT, p. 89), então versículos não serão pressionados a falar da destruição eterna dos ímpios. Mas se a imortalidade é encontrada repetidamente em Sal, Prov, etc., como M. Dahood argumenta, então eles podem assim serem entendidos (ver Salmos, III, em AB, pp. xli-lii e Smick, E. B., em Bibliografia).

Salmos 49 e 73 são frequentemente citados como se referindo a uma vida futura. Salmo 49:15 [H 16] usa a frase significativa “ele me levará”, o verbo usado para a tradução de Elias para o céu e também usado no Sl 73:24, “leva-me à glória”. Portanto, não é exagero pensar que termos como “perecer” (’ābad ou dāmâ II qv), ou “seus túmulos, suas casas para sempre” ou “decadência na sepultura” (NIV) ou “a morte irá alimentar-se deles” pode muito bem referir-se a eterna destruição. Salmo 83:17 [H 18] talvez não seja tão claro quanto os outros, mas a ênfase na subversão total dos ímpios é impressionante. Ezequiel 28:16, se referir-se como muitos pensam a Satanás, que inspirou o príncipe de Tiro, não suporta o castigo dos ímpios, mas sim o próprio Satanás. Aquele que uma vez andou no santo monte de Deus, no meio das pedras de fogo será desonrado (ḥalal) e destruído (’ābad) e no processo removido de (min) a montanha de Deus e as pedras de fogo. Soa como punição eterna.
אָבַד vb. perecer - Qal 1. perecer, morrer, de indivíduos (principalmente tarde); ênfase na mortalidade; Saul e Jonath., Sob figo. de armas; leão; caravana; pereça, seja exterminado (julgamento pelo pecado), de Israel; outras nações; casa de Acabe; perverso em geral; perecer, ser arruinado, destruído, de coisas inanimadas, por exemplo terra. 2. fig. perecer, desaparecer, subj. memória; nome (isto é, ser esquecido); vigor; sabedoria. 3. ser perdido, propriedade; desgarrados, bestas (fig. de homens errantes). Pi. caus. de Qal 1. causa perecer, destruir, matar, obj. pers. (principalmente atrasado); no julgamento, subj. י; מִתּוֹךְ; obj. um povo; no julgamento; obj. coisas inanimadas esp. ídolos, bamôth, etc .; barras de Sião. 2. fig. porque desaparecem, apagam-se, eliminam os nomes dos ídolos; voz da Babilônia; memória dos mortos; substância; compreensão; Boa. 3. causa para desviar, perder; obj. Isr. sob a fig. de rebanho. Hiph. 1. destruir, condenado à morte, em juízo, (subj. ˊי) obj. pers .; obj. nação, Ammon; Cananeus; Canaã = filisteus; esp. Isr .; animais; (humano subj.), obj. servos de Baal, obj. nação; obj. inanimados, carruagens; ídolos. 2. fig., Obj. nome dos reis; esperança; voz de alegria etc.— Whitaker, R., Brown, F., Driver, S. (. R., & Briggs, C. A. (. A. (1997, c1906). The Abridged Brown-Driver-Briggs Hebrew-English Lexicon of the Old Testament. Edited by Richard Whitaker (Princeton Theological Seminary). (2.1-3.2). Oak Harbor WA: Logos Research Systems, Inc.


Bibliografia. Harris, R. L., Harris, R. L., Archer, G. L., & Waltke, B. K. (1999, c1980). Theological Wordbook of the Old Testament (electronic ed.) (003). Chicago: Moody Press. Heidel, A., “Death and the Afterlife,” em The Gilgamesh Epic, 24 ed., Univ. of Chicago, 1949, pp. 137–223. Harris, R. L. Man—God’s Eternal Creation, Moody, 1971, pp. 162–177. Smick, E. B., “The Bearing of New Philological Data on the Subjects of Resurrection and Immortality in the OT.” WTJ 21:1, pp. 12–21. Koehler, L., Baumgartner, W., Richardson, M., & Stamm, J. J. (1999, c1994-1996). The Hebrew and Aramaic lexicon of the Old Testament. Volumes 1-4. (electronic ed.) (2). Leiden; New York: E.J. Brill.

Nenhum comentário:

Postar um comentário