2015/12/10

Adão nos Evangelhos

Adão nos EvangelhosAdão nos Evangelhos        

Cristo foi questionado a respeito da lei do divórcio (Mt 19. 3-9; cp. Mc 10.2-9) com referência à criação de Adão e Eva (esta não mencionada diretamente) e indicando a natureza fundamental do laço matrimonial no propósito original de Deus (cp. Gn 1.27; 2.24). A previsão do divórcio na lei mosaica (Dt 24.1-4) é considerada como secundária e tolerante, por causa da “dureza do coração” dos homens (Mt 19.8). Já foi mencionada a tendência judaica de traçar sua história até Abraão, o pai da nação. Isso se reflete na genealogia de Mateus 1.1-17. Lucas, cujo Evangelho é dirigido aos gentios, estabelece o nascimento de Cristo num contexto universal, traçando sua descendência até Adão, o pai da humanidade (Lc 3.23-38). A afirmação de Lucas, de que Adão era “filho de Deus”, provavelmente relaciona-se ao fato de que ele, bem como todos os seus descendentes, compartilham a natureza divina. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário