2019/09/02

Estudo sobre Ezequiel 31

Estudo sobre Ezequiel 31

Estudo sobre Ezequiel 31




Ezequiel 31

e)  A queda do cedro (31.1-18). Esse oráculo, datado de 21 de junho de 587 a.C. (v. 1), é introduzido com a descrição poética do surgimento e queda do Império Assírio em termos de um majestoso cedro do Líbano. O cedro, nutrido pelos veios de água mais profundos, florescia em esplendor imperial e provia abrigo para aves e animais do campo (v. 6), como a árvore que o rei da Babilônia viu nos seus sonhos em Daniel 4.10ss (cf. também Ez 17.22,23). Nenhuma árvore no Éden, o jardim de Deus (v. 9; cf. 28.13; Gn 2.8,9), se comparava a ele. Mas, em virtude da vaidade e da arrogância, ele foi derrubado por decreto divino (v. 10-14), e o faraó é advertido de que o que aconteceu com a Assíria 25 anos antes logo vai acontecer a ele.
v. 3. Considere a Assíria: o TM traz “Observe a Assíria”. A BJ emenda para “Tu és como um cedro”, mas Assíria tem apoio na LXX e é mantida pela NEB (cf. VA, RV). v. 11. governante das nações Nabucodonosor, como em 29.19,20; 30.24,25. de acordo com a sua maldade: aqui a realidade histórica invadiu a linguagem de parábola, v. 12. a mais impiedosa das nações estrangeiras: cf. 28.7; 30.11. Os babilônios, que haviam se associado aos medos na destruição de Nínive em 612 a.C., vão derrotar o poder do Egito. v. 14. nenhuma outra árvore [...] chegará a erguer-se orgulhosamente tão alto: a queda do Egito vai advertir as outras nações a que não aspirem grandeza excessiva e a lembrarem de sua própria mortalidade.
O parágrafo final (v. 15-18) combina as terminologias parabólica e literal. Assim como se descreve a floresta caindo em lamento pela queda do grande cedro, a queda do Egito vai fazer as nações tremerem (v. 16). v. 17. seus aliados entre as nações: é melhor traduzir com a NEB por “foram espalhados entre as nações”. As referências à sepultura e à cova (v. 16,17), onde o rei do Egito jazerá entre os incircuncisos, com os que foram mortos à espada (v. 18), antecipam os oráculos de 32.17-32.

Índice: Ezequiel 1 Ezequiel 2 Ezequiel 3 Ezequiel 4 Ezequiel 5 Ezequiel 6 Ezequiel 7 Ezequiel 8 Ezequiel 9 Ezequiel 10 Ezequiel 11 Ezequiel 12 Ezequiel 13 Ezequiel 14 Ezequiel 15 Ezequiel 16 Ezequiel 17 Ezequiel 18 Ezequiel 19 Ezequiel 20 Ezequiel 21 Ezequiel 22 Ezequiel 23 Ezequiel 24 Ezequiel 25 Ezequiel 26 Ezequiel 27 Ezequiel 28 Ezequiel 29 Ezequiel 30 Ezequiel 31 Ezequiel 32 Ezequiel 33 Ezequiel 34 Ezequiel 35 Ezequiel 36 Ezequiel 37 Ezequiel 38 Ezequiel 39 Ezequiel 40 Ezequiel 41 Ezequiel 42 Ezequiel 43 Ezequiel 44 Ezequiel 45 Ezequiel 46 Ezequiel 47 Ezequiel 48

Nenhum comentário:

Postar um comentário