2019/09/02

Estudo sobre Ezequiel 32

Estudo sobre Ezequiel 32

Estudo sobre Ezequiel 32




Ezequiel 32
f) Mais um oráculo contra o faraó (32.1-16). A primeira parte desse oráculo (v. 1-9) reproduz as figuras de linguagem de 29.1-5. Aqui o faraó também é comparado ao monstro parecido com um dragão (tannín) ou crocodilo com o seu hábitat no Nilo, pego dessa vez com rede (e não com gancho, como em 29.4) no arrastão divino e lançado em terra para servir de presa para aves e animais do campo.
v. 1. décimo segundo ano: alguns manuscritos da LXX e da Siríaca trazem “décimo primeiro ano”, que resultaria na data de 15 de março de 586 a.C., em vez da data menos provável de 3 de março de 585 a.C. v. 2. um leão\ lit. “um leãozinho” (heb. kepir), adequado o bastante para o enérgico Hofra, embora a transição para monstro seja abrupta, um monstro nos mares cf. Is 27.1, mas aqui o mar é o Nilo (como em Na 3.8). v. 3. Com uma imensa multidão de povos cf. os “peixes” de 29.4,5. v. 7. cobrirei o cêu..:. na profecia bíblica, essa escuridão com frequência é concomitante com as convulsões políticas (cf. 30.18; Is 13.10; Jr 4.23; J1 2.31; 3.15; Mc 13.24; Ap 6.12).
A segunda parte do oráculo (v. 10-16) repete o conteúdo da primeira em termos não simbólicos: o juízo divino contra o Egito vai assumir a forma da invasão babilónica com a matança e o cativeiro resultantes. O Nilo vai fluir calmo e claro, intocado a partir de agora por homens ou animais.
v. 12. mais impiedosa das nações repetição de 28.7; 30.11; 31.12. v. 16. o lamento cf. o lamento ilustrativo da floresta do Líbano pelo cedro caído em 31.15ss.
g) O Egito no submundo (32.17-32). O próprio profeta recebe a ordem de cantar o cântico fúnebre do Egito (v. 18). A nação que perdeu a sua identidade independente é comparada a um antigo potentado no mundo dos mortos, desprovido de vitalidade, poder e riqueza (cf. 26.20; 28.8; Is 14.15ss).
v. 17. décimo segundo ano, a LXX acrescenta “do primeiro mês” (cf. BJ). A data é 27 de abril de 586 a.C. v. 18. cova heb. bôr (como em 26.20), sinônimo de sepultura (v. 21, Sheol). v. 19. os incircuncisos os egípcios eram circuncidados, mas a sua circuncisão não lhes presta para nada no Sheol; lá eles precisam viver lado a lado com os incircuncisos assírios e outros (cf. 28.10; 31.18). v. 21. os poderosos líderes dirão ao Egito: os ’elêgibbôrim (plural de ’el gibbôr, traduzido por “poderoso Deus” em Is 9.6), que ainda exercem alguma autoridade até mesmo no Sheol (cf. v. 27), marcam a chegada do Egito, tornam-se tão fracos quanto o restante dos “mortos impotentes” (NEB); cf. Is 14.9,10. Entre eles, está a Assíria, destruída em 612 a.C., apesar do pavor que haviam espalhado entre as nações (v. 22,23). O Elão também está ali, derrotado pelos assírios em 645 a.C. (v. 24,25). Mese-que e Tubal (cf. 27.13) haviam participado da invasão dos citas em 626 a.C., o que causara grande pânico na Síria e na Mesopotâmia; elas agora também estavam em paz (v. 26). os guerreiros [...] que caíram (v. 27) talvez sejam os “nefilins” (cf. Gn 6.4; Nm 13.33); esses heróis da Antiguidade haviam recebido um sepultamento militar honroso, ao contrário daqueles cuja queda é celebrada nesse cântico fúnebre, e podem ser idênticos aos “líderes poderosos” do v. 21. Edom (v. 29) e os príncipes do norte, incluindo os sidônios (v. 30; cf. 28.20-23) e outras potências fenícias, também chegaram ao Sheol antes do Egito, v. 30. Eles jazem incircuncisos: melhor ler “com os incircuncisos”; os fenícios, como os egípcios, praticavam a circuncisão (cf. 28.10). v. 31. O faraó [...] os verá e será consolado: um governante que nutria ambições militares e imperiais na terra não pode se queixar de não encontrar companhia à altura no Sheol.

Índice: Ezequiel 1 Ezequiel 2 Ezequiel 3 Ezequiel 4 Ezequiel 5 Ezequiel 6 Ezequiel 7 Ezequiel 8 Ezequiel 9 Ezequiel 10 Ezequiel 11 Ezequiel 12 Ezequiel 13 Ezequiel 14 Ezequiel 15 Ezequiel 16 Ezequiel 17 Ezequiel 18 Ezequiel 19 Ezequiel 20 Ezequiel 21 Ezequiel 22 Ezequiel 23 Ezequiel 24 Ezequiel 25 Ezequiel 26 Ezequiel 27 Ezequiel 28 Ezequiel 29 Ezequiel 30 Ezequiel 31 Ezequiel 32 Ezequiel 33 Ezequiel 34 Ezequiel 35 Ezequiel 36 Ezequiel 37 Ezequiel 38 Ezequiel 39 Ezequiel 40 Ezequiel 41 Ezequiel 42 Ezequiel 43 Ezequiel 44 Ezequiel 45 Ezequiel 46 Ezequiel 47 Ezequiel 48

Nenhum comentário:

Postar um comentário