2019/09/01

Levítico 13 — Comentário Devocional

Levítico 13 — Comentário Devocional

Levítico 13 — Comentário Devocional



Levítico 13


13.1ss - “Lepra” é o nome dado a várias doenças diferentes, muito temidas nos tempos bíblicos. Algumas destas doenças, ao contrário da que chamamos de “lepra” ou do mal de Hansen hoje, eram altamente contagiosas. A mais grave assolava o corpo vagarosamente e, na maioria dos casos, era fatal. Os leprosos eram separados da família e dos amigos e retirados do acampamento. Uma vez que os sacerdotes eram responsáveis pela saúde de todo o arraial, era deles a tarefa de expulsar ou readmitir os leprosos. Se a lepra de alguém aparentava ter desaparecido, apenas o sacerdote poderia julgar se a pessoa estava realmente curada. Na Bíblia, a lepra costuma ser uma ilustração do pecado, por ser este contagioso, destrutivo e conduzir à separação
13.45,46 - Uma pessoa com doença de pele contagiosa tinha que ficar isolada. Por ser a doença descrita como contagiosa, o povo tinha de realizar este estranho ritual para impedir que outros se aproximassem - precisava manter-se afastado dos doentes.

Índice: Levítico 1 Levítico 2 Levítico 3 Levítico 4 Levítico 5 Levítico 6 Levítico 7 Levítico 8 Levítico 9 Levítico 10 Levítico 11 Levítico 12 Levítico 13 Levítico 14 Levítico 15 Levítico 16 Levítico 17 Levítico 18 Levítico 19 Levítico 20 Levítico 21 Levítico 22 Levítico 23 Levítico 24 Levítico 25 Levítico 26 Levítico 27

Nenhum comentário:

Postar um comentário