Levítico 27 — Comentário Devocional

Levítico 27 — Comentário Devocional

Levítico 27 — Comentário Devocional




Levítico 27


27.1ss - Os israelitas deviam oferecer ou dedicar certas coisas ao Senhor e para o Seu serviço: as primícias de suas colheitas, os animais e filhos primogênitos e o dízimo. Muitos desejaram ir além dedicando-se a si mesmos, ou um membro da família, animais adicionais, uma casa, ou um campo para Deus. Nestes casos, era possível doar dinheiro em lugar da pessoa, do animal ou da propriedade em si. Alguns juravam precipitadamente ou faziam votos impraticáveis. Para induzi-los a pensar primeiro, aplicava-se uma multa do vinte por cento sobre os artigos comprados de volta. Este capítulo explica como os valores deveriam ser estipulados e o que deveria ser feito caso um doador desejasse comprar de volta o que havia doado para Deus.
27.9,10 - Deus ensinou aos israelitas que, quando lhe fizessem um voto, não poderiam retroceder, ainda que o custo viesse a ser mais alto do que o esperado. (Isto era aplicado aos animais; os humanos podiam ser redimidos ou comprados de volta.) Deus leva as nossas promessas a sério. Se você promete dar dez por cento de sua renda a Deus e, de repente, surgem algumas contas inesperadas, sua mordomia fiel será cara, mas Deus espera que você cumpra seu voto por mais difícil que isto venha a ser.
27.14-25 - Os bens imóveis poderiam tornar-se oferta voluntária praticamente do mesmo modo que as pessoas, hoje, deixam propriedades em testamentos ou fazem doação à igrejas ou organizações cristãs.
27.28,29 - Coisa “consagrada do homem” se aplica a propriedades pessoais ou pessoas colocadas debaixo da proibição de Deus, tais como os despojos capturados dos adoradores de ídolos ou mesmo os próprios ídolos. Estes deveriam ser destruídos e não podiam ser redimidos.
27.33 - Muitos dos princípios relacionados aos sacrifícios e dízimos eram designados a encorajar atitude interior e ação. Assim, se uma pessoa faz sua oferta de má vontade, logo está demonstrando um coração mesquinho. Deus deseja que sejamos doadores alegres que ofertam com gratidão (2Co 9.7).
27.34 - O livro de Levítico está repleto dos mandamentos que Deus concedeu a seu povo ao pé do Monte Sinai. Através deles, podemos aprender muito sobre a natureza e o caráter de Deus. A primeira vista, Levítico parece irrelevante para o nosso mundo altamente tecnológico, mas, olhando um pouco mais fundo, percebemos que ele ainda fala conosco hoje — Deus não mudou, e seus princípios são para todos os tempos. Uma vez que as pessoas e a sociedade mudam, precisamos buscar constantemente meios de aplicar os princípios da lei de Deus em nossas presentes circunstâncias. Deus é o mesmo em Levítico, hoje e para sempre (Hb 13.8).

Índice: Levítico 1 Levítico 2 Levítico 3 Levítico 4 Levítico 5 Levítico 6 Levítico 7 Levítico 8 Levítico 9 Levítico 10 Levítico 11 Levítico 12 Levítico 13 Levítico 14 Levítico 15 Levítico 16 Levítico 17 Levítico 18 Levítico 19 Levítico 20 Levítico 21 Levítico 22 Levítico 23 Levítico 24 Levítico 25 Levítico 26 Levítico 27