2009/06/24

Comentário de João 16:3-4

16:3 - E essas coisas eles vos farão,… Cristo aqui fala abertamente da foncomentario biblico, evangelho de joão, novo testamentote do furioso zelo iníquo da parte dos Judeus contra os apóstolos, em expulsá-los das sinagogas, e tirar-lhes a vida; era pura ignorância do Pai e dele mesmo.

Porque eles não conheceram o Pai nem a mim;... Embora eles ostentassem o conhecimento deles de Deus;
[1] ainda eles não o conheceram como o Pai e remetente de Cristo, pelo menos eles não o admitiram como tal: nem Jesus, como o verdadeiro Messias, e enviado do Pai, para resgatar e salvar o seu povo dos seus pecados; e, visto que eles não conheceram o Pai, nem Cristo, não é nenhuma maravilha que eles não souberam, admitiram, e nem reconheceram os discípulos de Cristo, mas os usaram da maneira mais doente em que eles poderiam fazer; o zelo deles não estava de acordo com o conhecimento,[2] era cego e mal orientado: e isto é mencionado, embora não para extenuar ou desculpar o pecado deles, mas mostra que eles não estavam fora do alcance da clemência, porque eles, como o apóstolo diz dele mesmo, ‘o fazem ignorantemente, na incredulidade,’ 1Tim. 1:13; mas como um argumento para os discípulos serem pacientes com os maus tratos da parte deles, fazendo isso com paciência, e para terem pena deles e orarem por eles.

16:4 - Mas essas coisas tenho eu vos tido,… Cristo amplia esse assunto desconfortante, e enumera mais ainda as provações que os apóstolos estavam para sofrer pela causa do seu nome:

Para que quando chegar o tempo;… Algumas cópias leem: “o tempo deles”; assim a Vulgata Latina, Siríaca e Árabe vertem também; ou seja, o tempo quando os homens iníquos lhes causarão toda essa maldade:

Vos lembrais que eu vos disse deles;… Que possa grandemente confirmá-los na fé como o Deus onisciente, e o verdadeiro Messias, e encorajá-lo a depender em sua veracidade e fidelidade em suas promessas; que visto que as coisas iníquas que ele falou vieram sobre eles, assim eles deveriam esperar, acreditar e manter as expectativas de que todas as coisas boas das quais ele lhes assegurou também se realizariam; e também lhes encorajar a suportar com maior paciência, visto que eles eram designados por Deus, e preditos por seu mestre e Senhor.

E essas coisas,... Acrescenta Cristo.

Eu não vos disse no princípio;... Quando ele os chamou para serem os seus seguidores primeiro; pois, embora quando ele os ordenou, e lhes enviou que pregassem o Evangelho nas cidades da Judéia, que era algum tempo depois do que ele tinha os chamado pela sua graça, ele os familiarizou com alguns das dificuldades e exercícios com os que eles deveriam encontrar; como isso que eles deveriam ser odiados por todos os homens, perseguidos de cidade após cidade, expulsos das sinagogas, entregues aos conselhos, e trazidos diante dos reis e governadores; veja Mat. 10:17; contudo, ele não fez tão completa e distintamente como agora: a razão dele para tal conduta era isto...

Porque,… diz ele,

Eu estava convosco: Portanto ele nunca falou tão completa e distintamente das suas dificuldades, porque ele estava com eles, e os levou nele; e realmente, ele ainda estava com eles, a raiva e malícia dos judeus não estava tanto contra os seus discípulos, mas como ele; nem falou ele, pela mesma razão, tão amplamente sobre o Consolador, e dos confortos que eles deveriam receber dele, porque como eles não tiveram os exercícios que eles deveriam ter depois, assim eles o tiveram para ser o confortador deles.


___________
Notas

[1] Cf. Tito 1:16. N do T.
[2] Cf. Romanos 10:2. N do T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário