2009/08/10

Comentário de John Gill: João 2:10

comentário do evangelho de joão 2:10 - E disse a ele,... As seguintes palavras; expressando o costume comum das festas:

Todo homem, no início, oferece o vinho bom;... Ou seja, é costume deles, quando eles faziam festas dar aos hospedes o melhor, sendo mais generoso e forte vinho centrado; como sendo muito valioso para eles, e sendo eles mais capazes de aguentar, e sendo algo positivo para o realizador da festa:

E quando os homens têm bebido bem;… Não ao excesso, mas livremente, até que seus espíritos fiquem alegres, mas suas mentes não estavam intoxicadas: assim a palavra, correspondente ao hebraico é שכר, usada pela Septuaginta em Gên. 43:34.

Então aquele que é pior;… Não um vinho ruim, mas τον ελασσω, “aquele que é pior”; um corpo fraco de vinho, que é diluído, e fraco, e não tão intoxicante e que é próprio para os convidados. Assim Marcial[1] aconselha Sextilianus, depois que ele bebeu a décima taça, a não beber o melhor vinho, mas pedir ao seu hospede pela vinho de Latenia, que era mais fraco e inferior do que o outro vinho.

[Mas] tens guardo o bom até agora;… Os quais mostram que ele não sabia nada do milagre operado. E como o noivo fez aqui, na apreensão da regra do banquete, no seu matrimônio, assim faz o Senhor, o marido da igreja, no banquete de matrimônio do Evangelho; e assim ele fará ao matrimônio do cordeiro. O Evangelho que pode ser comparado ao vinho pela sua pureza, e gosto agradável, e os efeitos generosos, se inclinando, e reavivando os espíritos enquanto refrescando as pessoas cansadas, e confortando as mentes aflitas; como também pela sua antiguidade, que foi publicado antes da vinda de Cristo, nos tempos de Adão, Noé, Abraão, Moisés, Davi, e os profetas, mas como um mais baixo e mais fraco; as várias vezes, aqui um pouco, e ali um pouco mais, através de porções, por assim dizer; e em muitos modos, por promessas, profecias, tipos, sombras, e sacrifícios; e foi assistido com muita escuridão e escravidão: mas debaixo da dispensação do Evangelho que é comparada a um banquete de matrimônio é dispensado mais completamente, mais claramente é publicado, e mais livremente é auxiliado. O todo disto é entregue, e com face aberta à vista; e são feitos os santos livres por isso; são fixados na luz mais forte e mais clara; o melhor vinho é agora reservado; Deus proveu alguma coisa melhor para nós, Heb. 11:40. E assim com respeito ao estado futuro dos santos, as melhores coisas deles que são mantidas para eles por último. Eles têm muitas coisas boas agora; como o Evangelho, ordenações do Evangelho, as bênçãos, e promessa da graça, o amor de Deus abrigado nos seus corações, a presença de Deus, e comunhão com Cristo, pelo menos às vezes; tudo que são melhores que vinho: elas são diluídas por outras coisas, como as corrupções do coração, as tentações de Satanás, a oculta face de Deus, e uma variedade de aflições; mas eles terão as coisas boas e melhores daqui por diante, e bebida, vinho novo no reino de Cristo e do Pai: eles terão alegrias completas, e nunca prazeres enfraquecidos, e estarão sem pecado e tristeza; não mais abandonados, nem aflitos, e estarão fora do alcance das tentações de Satanás, e com Cristo eternamente. Felizes são aqueles que são chamados à ceia de matrimônio do Cordeiro.

_____________
Notas
[1] A Caupone tibi faex Laletana petatur Si plus quam decics, Sextiliane, bibis. L. 1. Ep. 25.

Nenhum comentário:

Postar um comentário