2011/08/07

Estilo Literário da Carta aos Hebreus

Estilo Literário da Carta aos Hebreus

Estilo Literário da Carta aos Hebreus


A carta aos Hebreus permanece como uma das epístolas mais bem elaboradas do Novo Testamento. Colocando de lado as questões de autoria, que ainda geram inúmeros debates em relação a ser Paulo seu autor ou não, a leitura e o estudo da carta continua de inspirar uma infinidade de estudos bíblicos sobre seu conteúdo baseando-se em seu gênero. Tal como no caso de outras epístolas do Novo Testamento, Hebreus termina com alusões pessoais, mas, divergentemente de outras epístolas, ela não conta com saudações introdutórias, o que é algo digno de nota ao se considerar a autoria Paulina. O estilo de oratória e observações como “Certamente me faltará o tempo necessário para referir...” (11:32), parecem indicar mais um sermão do que um tratado. Porém, a assertiva: “...vos escrevi resumidamente” (13:22), requer que pensemos que o livro de Hebreus é uma epístola endereçada aos cristãos hebreus, embora escrita segundo o estilo de um sermão, o que não altera seu gênero, mas modifica seu conteúdo.

Mais estudos bíblicos da carta aos Hebreus: Tema e Argumentação da Carta aos HebreusInterpretação das Escrituras pela carta aos HebreusPeculiaridades da Carta aos HebreusDestinatários da Carta aos HebreusEscritor da Carta aos HebreusTeologia do Livro de HebreusIntrodução à Epístola aos HebreusInspiração e Importância da Carta aos HebreusComentário Teológico da Carta aos HebreusEstudo da Carta aos HebreusPanorama da Carta aos HebreusTeologia da Carta aos HebreusAnálise da Carta aos HebreusEsboço da Carta aos Hebreus

Nenhum comentário:

Postar um comentário