2009/05/14

Comentário de João 4:3

Ele deixou a Judéia,... Onde ele tinha estado por algum tempo: na festividade da páscoa que subiu a Jerusalém, e depois de uma curta estadia ali, ele entrou no país da Judéia, onde ele ficou um pouco mais de tempo; em ambos no espaço de tempo de, mais ou menos, oito meses; porque faltava agora quatro meses para a colheita, que começava na páscoa; veja João 2:13. E agora, visto que os Fariseus tinham se familiarizado com seu sucesso nessas partes, ele deixou o local; não por causa do medo deles, mas para não irritá-los e provocá-lo, pois poderia excitar a malícia deles e inveja contra ele, o que o colocaria a sua vida em perigo; ao passo que seu tempo ainda não havia chegado, e ele tinha outro trabalho a fazer em outros lugares:

E partiu de novo para a Galiléia;... Onde ele tinha passado uma maior parte do seu tempo, em vida privada; de onde ele veio ao Jordão até João para ser batizado por ele e depois disso foi para lá novamente, onde ele operou o seu primeiro milagre: tendo estado agora na Judéia algum tempo, volta novamente para a Galiléia; e desta sua viagem para lá, depois da prisão de João, é dado um relato em Mat. 4:12. A versão Persa omite a palavra “novamente”, e assim faz também a cópia Alexandrina e muitas cópias; mas é por outras cópias retida a palavra, e muito corretamente.



Fonte: John Gill's Exposition of the Entire Bible

Nenhum comentário:

Postar um comentário