Biblioteca com mais de 5 mil estudos bíblicos gratuitos e centenas de livros evangélicos para baixar em PDF.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Comentário de João 10:10

O ladrão vem a não ser para roubar,… Isso é a primeira e principal visão dele; roubar é invadir, agarrar, e levar a propriedade de outra pessoa embora. Taicomentario do evangelho de João, comentario biblicos professores que não entram pela porta certa, ou com uma comissão divina, buscam enganar, e levar a ovelha de Cristo embora com dele, embora eles não possam fazer isto; e roubar os corações deles dele, como Absalão que roubava os corações das pessoas do senhor legítimo e soberano deles, Davi o seu pai;[1] e os sujeitava a ele, que eles poderiam dominar sobre eles, e fazer uma propriedade deles, como faziam os Fariseus, que, debaixo de uma pretensão de orações longas, devoravam as casas das viúvas.

E matar e destruir;… Ou as almas dos homens pelas falsas doutrinas deles que comem como um câncer e envenenam as mentes dos homens, e matam as almas que não deveriam morrer, enquanto subvertendo a fé de professores nominais, embora eles não possam destruir nenhuma das verdadeiras ovelhas de Cristo; ou os corpos dos santos, pela opressão deles, tirania, e perseguição; ovelhas estas que são mortas todos os dias por causa de Cristo e são consideradas como ovelhas para matança, por estes homens, eles que pensam que fazendo assim eles estão fazendo um bom serviço a Deus.
[2]

Eu vim para que possais ter vida;… Que as ovelhas poderiam ter vida, ou o eleito de Deus poderia ter vida, espiritual e eterna; que, como o resto do gênero humano, estão, por natureza, mortos em transgressões e pecados,
[3] e sujeitos a uma morte eterna: Cristo entrou neste mundo em natureza humana, para dar a sua carne, o seu corpo, a natureza humana inteira dele, alma e corpo, para a vida destas pessoas, ou para que eles pudessem viver espiritualmente aqui, e eternamente daqui por diante; e assim a versão Árabe verte assim: "que eles poderiam ter vida eterna"; Nonnus chama isto de, "uma vida por vir"; que está em Cristo, e o presente de Deus por ele; e o qual ele dá a todas as suas ovelhas, e tem um poder para dar a tantos quanto o Pai o deu:

E para que tivessem mais abundantemente,... Ou como a versão Siríaca lê: "algo mais abundante", isto é, do que a vida, significando não apenas mais do que a vida dos homens ímpios, cujas bênçãos são maldições para eles, ou a própria vida deles, apenas no estado atual das coisas, ou a vida longa prometida debaixo da lei para os observadores da mesma; até mesmo a vida que Adão tinha em inocência, mas que era uma vida natural e moral, e não uma vida espiritual, ou a vida que se escondia com Cristo em Deus, e, também, mais do que viver como anjos no céu, que é a vida dos servos, e não de filhos: ou então o sentido é, que Cristo veio ao seu povo para que pudessem ter a vida eterna, com mais abundantes provas do que existia sob a antiga dispensação, e para que tivessem maior fé nele, e uma esperança mais viva: ou, como as palavras podem ser vertidas: "e que eles poderiam ter uma abundância": para além da vida, poderiam ter um abundância da graça de Cristo, todas as bênçãos espirituais em Cristo agora, e toda a plenitude da alegria, glória, e felicidade mais adiante.



______________
Notas

[1] Cf. 2 Samuel 15:6. N do T.
[2] Cf. João 16:2. N do T.
[3] Cf. Efésios 2:1. N do T.
0 Deixe seu comentário:
Postar um comentário