2019/10/04

João 10 — Interpretação Bíblica

João 10 — Interpretação Bíblica


João 10 — Interpretação Bíblica




Jesus, o pastor verdadeiro 10.1-21
Neste trecho há uma série de comparações baseadas no trabalho de pastorear ovelhas, muito comum na terra de Israel. No fim do dia, pastores costumavam conduzir seus rebanhos a um curral, onde um porteiro ficava vigiando a porta durante a noite. De manhã, os pastores vinham e levavam as ovelhas para fora do curral, em busca de comida nos campos. Um texto rico em consolo, mas que não deixa de ser polêmico, isto é, faz parte da discussão entre Jesus e os fariseus.
10.1 vocês Os fariseus (Jo 9.40). Mas também outras pessoas estão presentes (v. 19).
10.2 Jesus, o pastor de verdade, é conhecido e seguido pelas suas ovelhas. Os pastores assaltantes, ladrões e estranhos são os maus líderes do povo.
10.7 eu sou a porta Ver Intr. 1.6. Sendo a porta, Jesus é o único meio pelo qual alguém se torna parte do povo de Deus. Quem entra por ele será salvo (v. 9).
10.8 ladrões e bandidos Falsos profetas e falsos Messias, que não foram enviados por Deus.
10.9 Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo Jesus é a porta única (“eu”), eterna (“sou”; não é “fui” nem “serei”), salvadora (“será salvo”), satisfatória (“achará comida”, v. 9; “vida completa”, v. 10), e aberta para todos (“quem entrar”).
10.11 Eu sou o bom pastor Ver Intr. 1.6. No AT, Deus é chamado de pastor, e o povo de Israel é o seu rebanho (Sl 23.1; 77.20; 79.13; 95.7; 100.3; Is 40.11; Ez 34.11-31). No NT, a figura de pastor se aplica a Deus (Lc 15.4-7) e a Cristo (Hb 13.20; 1Pe 2.25; 3.4; Ap 1.17). o bom pastor dá a vida pelas ovelhas Jo 15.13. Ver também 10.10b,15b.
10.14-15 conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem Um conhecimento muito íntimo e completo, igual ao conhecimento que existe entre o Pai e o Filho (Mt 11.27; Lc 10.22).
10.16 outras ovelhas Provavelmente os não-judeus (Jo 7.35; 11.52; 12.32). elas se tornarão um só rebanho com um só pastor Muitos manuscritos antigos trazem “haverá um só rebanho e um só pastor.” Ver outras passagens que falam sobre a unidade do povo de Deus: Jo 11.52; Ef 2.11-22; 1Pe 2.25. Ver também Intr. 3.1 e Ez 34, especialmente o v. 23.
10.17-18 Jesus diz claramente que é por sua própria vontade que ele vai morrer e depois ressuscitar, em obediência ao Pai (ver Jo 18.4, n.).
10.20 Ele está dominado por um demônio! Está louco! Ver Jo 7.20, n.
10.21 pode dar vista aos cegos Referência à cura do homem cego (Jo 9.1-7).
O povo rejeita Jesus 10.22-30
Como tinha acontecido na Festa das Barracas (Jo 7.26-27,31,41-42), também agora, na Festa da Dedicação, surge a pergunta se Jesus é ou não o Messias. Porque o povo esperava um Messias diferente, Jesus não pode responder com um simples “sim”. Ele responde que suas palavras e suas obras (v. 25) mostram que ele é o Messias, o pastor verdadeiro (v. 27). O que o povo precisa é de fé (v. 26) e não de mais provas.
10.28 vida eterna Ver Intr. 2.2.
10.29 O poder que o Pai me deu é maior do que tudo Jo 5.19-23. Muitos manuscritos trazem “O meu Pai, que as deu a mim, é mais poderoso do que todos”.
10.30 Eu e o Pai somos um Ele é o Filho de Deus (v. 36) e faz o que seu Pai quer que ele faça (Jo 5.19,30; 8.16; 10.14-15,38; 17.21-23,26). Por causa dessa união, estar nas mãos de Jesus (v. 28) é estar nas mãos do Pai (v. 29).
10.31-42 Acusado de blasfêmia (v. 33) por ter dito que ele e o Pai são um (v. 30), Jesus explica que ele é o Filho de Deus (v. 36). Além disso, aponta para as Escrituras Sagradas (Sl 82.6). Se Deus chama de deuses os que recebem a sua mensagem (v. 35), por que estaria blasfemando aquele que é a Palavra (Jo 1.14) que o Pai enviou ao mundo (v. 36) quando este diz ser o Filho de Deus?!
10.31 pedras para matar Ver Jo 18.32, n.
10.33 A Lei (Lv 24.16) autorizava matar quem blasfemasse contra Deus.
10.34 Na Lei de vocês Ver Jo 8.17, n. Deus disse Sl 82.6.
10.38 coisas que faço Ver Jo 14.11, n.
10.40 onde João Batista tinha batizado antes Na Peréia, que ficava no lado leste do rio Jordão (Jo 1.28). Jesus vai lá por uma questão de segurança, pois em Jerusalém o conflito ia ficando cada vez mais forte (vs. 31,39).
10.41 João É a última vez que, neste Evangelho, se faz referência a João Batista. tudo o que ele disse sobre Jesus Jo 1.19-34; 3.27-30. 


Índice: João 1 João 2 João 3 João 4 João 5 João 6 João 7 João 8 João 9 João 10 João 11 João 12 João 13 João 14 João 15 João 16 João 17 João 18 João 19 João 20 João 21

Nenhum comentário:

Postar um comentário