2016/02/17

Filipenses 1 — Interpretação Bíblica

Filipenses 1 — Interpretação Bíblica

Filipenses 1 — Interpretação Bíblica



Filipenses 1

Saudação 1.1-2
Na saudação, Paulo cita o seu nome e o de Timóteo como os escritores da carta; diz quem são os leitores e faz uma oração a favor deles.
1.1 Timóteo O companheiro de trabalho mais chegado de Paulo (ver At 16.1, n.). É provável que ele estivesse com Paulo e Silas quando estes pregaram o evangelho em Filipos (ver At 17.14, n.). Agora, Paulo pretende enviá-lo a Filipos (Fp 2.19-23; At 19.22). Filipos Cidade que ficava na província romana da Macedônia. Para a estada de Paulo em Filipos, ver At 16.12-40. bispos Ver 1Tm 3.1, n. diáconos Esta é a única carta dirigida a uma igreja em que Paulo menciona os líderes da igreja na saudação, isto é, bem no começo da carta.
Oração de Paulo em favor dos filipenses 1.3-11
Paulo, geralmente, faz uma oração a favor dos seus leitores e, nessa oração, quase sempre menciona assuntos que pretende tratar na carta (Rm 1.8-15; 1Co 1.4-9; Cl 1.3-14; 1Ts 1.2-10; 2Ts 1.3-12; Fm 4-7).
1.4 alegria Várias vezes, nesta carta, Paulo fala sobre a alegria do cristão (Fp 1.18,25; 2.2,17-18,28-29; 3.1; 4.4,10). Essa alegria não é simplesmente uma emoção natural; é dom do Espírito Santo (Rm 14.17; Gl 5.22; 1Ts 1.6).
1.5 desde o primeiro dia Isto é, logo que aceitaram o evangelho, os filipenses começaram a ajudar Paulo.
1.6 Dia de Cristo Jesus Dia do Juízo Final, quando Jesus voltar como Juiz e Rei (v. 10; 4.5).
1.7 estou na cadeia Ver Intr. 3.1.
1.9 o amor de vocês cresça Sem o amor, a vida cristã não desenvolve nem cresce e a comunidade desaparece (Rm 12.10; 1Co 8.1; 13.1-13; Gl 5.6,13; Ef 4.2,15; Cl 2.2; 1Ts 3.12; 2Ts 1.3).
1.11 boas qualidades Ver a lista das virtudes cristãs produzidas pelo Espírito Santo (Gl 5.22-23).
A vida é Cristo 1.12-26
Paulo está na cadeia (vs. 13-14), mas isso não o leva ao desânimo. Ele sabe que alguns estão pregando o evangelho por serem ciumentos (v. 15) ou por interesse pessoal (v. 17). Mas Paulo não se importa com isso; o que importa é que o evangelho está sendo anunciado. Paulo espera ser posto em liberdade (v. 19) e, assim, poder, outra vez, visitar os seus queridos irmãos de Filipos (v. 26).
1.13 a guarda do palácio do Governador Ver Intr. 3.1. cadeia Ver v. 7, n. porque sou servo de Cristo Paulo tinha sido preso porque insistia em pregar o evangelho, a exemplo do que tinha acontecido com ele e Silas em Filipos (At 16.16-24).
1.18 isso não tem importância Enquanto a falta de sinceridade de outros pregadores do evangelho (v. 17) atinge apenas a pessoa do apóstolo, sem mexer com aquilo que está sendo anunciado, Paulo não se importa. O que importa é que Cristo está sendo anunciado, mesmo que a intenção não seja boa.
1.20 tanto na vida como na morte Paulo esperava ser solto (v. 19), mas também era possível que fosse condenado à morte. No entanto, isso não o aflige, pois ele sabe o que a sua morte significa: estar com Cristo (v. 23).
1.21 para mim viver é Cristo, e morrer é lucro Gl 2.20. Só Cristo é o sentido da vida de Paulo, ou seja, toda a vida dele está em função do fato de que Cristo o chamou para ser apóstolo. Logo, a morte, ao invés de ser uma perda, é lucro, pois o une mais ainda com Cristo (v. 23).
1.23 quero muito deixar esta vida e estar com Cristo Paulo não explica como este “estar com Cristo” depois de sua morte se relaciona com a esperança da ressurreição. Ver também 1Ts 4.14-17; 1Co 15.51-52; 2Co 5.1-9.
1.26 vida... em união com Cristo Jesus Ver Intr. 2.2.
Firmeza e coragem 1.27-30
Paulo sabe que a vida dos cristãos nem sempre é fácil, pois há muitos inimigos do evangelho de Cristo. Por isso, ele fala sobre firmeza, união e coragem.
1.27 vivam Ao pé da letra, o texto original diz: “vivam como cidadãos” (ver Fp 3.20, n.). continuam firmes Firmeza na fé é uma das virtudes cristãs que Paulo menciona com freqüência (Fp 4.1; Rm 16.25; 1Co 15.1; 16.13; Ef 6.11; Cl 2.5; 4.12; 1Ts 3.8; 2Ts 2.15).
1.29 o privilégio de servir a Cristo... também sofrendo por ele Paulo entende que sofrer por Cristo é um privilégio, pois demonstra e fortalece a união com Cristo (Fp 1.7; 3.10-11; 2Co 1.9-10; 4.7-11; 12.9-10).
1.30 na luta Ao falar sobre a vida cristã, Paulo, muitas vezes, usa linguagem militar, especialmente quando o assunto tem a ver com dificuldades, oposição ou tentações (Rm 13.12,14; 2Co 6.7; 10.4; Ef 6.10-17). a luta que vocês viram que tive no passado At 16.19-40; 1Ts 2.2.

Índice: Filipenses 1 Filipenses 2 Filipenses 3 Filipenses 4


Nenhum comentário:

Postar um comentário