2019/08/23

Apocalipse 5 — Explicação das Escrituras

Apocalipse — Explicação das Escrituras

Apocalipse 5 — Explicação de Apocalipse



Apocalipse 5 

5.1 Livro. Lit. rolo, a única forma de livro conhecida naquela época. Este seria um pergaminho enrolado, fechado com selos. Simboliza os mistérios de Deus: um volume descrevendo os Seus planos, propósitos e obras. Selado com sete selos. O número de selos sugere que o livrinho era um testamento, conforme os costumes da época. O testamento cerrado era executado depois da morte do testador, perante as sete testemunhas que o selaram. Abria-se, lia-se, e cumpria-se aquilo que o testamento dispunha. Há aparente ligação com Ez 2.1-10; o conteúdo do rolo trata do futuro julgamento e da herança dos crentes em decorrência da morte de Jesus Cristo (1 Pe 1.4). O plano divino já tinha sido feito de maneira irrevogável. Quebrando-se os selos, prontifica-se para o desenrolar dos acontecimentos. Só Cristo controla e dá significado à história.
5.5,6 Os títulos usados aqui são messiânicos. Vinculam a obra de Cristo às profecias do AT (cf. Gn 49.9; Is 11.7). O Leão simboliza a majestade e a realeza soberana do Messias conquistador (Is 11.2-9). O Cordeiro simboliza o Messias sofredor, o Servo de Jeová que pela Seu sangue remove o pecado do mundo (Is 53; 1 Jo 1.29). Ninguém conhece todo o conteúdo dos propósitos de Deus que ainda são para desenrolar, a não ser o próprio Cristo, pois é Ele que vai levar a efeito entre os homens aquilo que Deus destinou após Sua exaltação (Mt 24.36; Hb 1.3). • N. Hom. Cristo, o Vencedor: 1) Venceu a morte (4.9; 5.6; 6.2); 2) Venceu a hostilidade do mundo (Cf. Is 53 3 com Ap 5.9, 12); 3) Venceu os corações dos Seus seguidores (6.2); 4) Conquistará o mundo inteiro (6.16; 19.16; 20.4. Cf. 1 Co 15.24, 25).
5.9 Novo cântico. Um cântico de louvor do Cordeiro que pela morte e ressurreição foi apontado Cabeça da nova humanidade (Hb 2.9-11). Nos salmos o povo de Deus é conclamado a cantar um cântico novo (33.3, 98.1, 144.9, 149.1). O quarto capítulo termina com a canção da Criação, e o quinto termina com a do Nova Criação, que abrange redimidos de todas as nações e povos, mesmo aqueles que na época de João não tinham sido evangelizados. Com o teu sangue. A morte de Cristo na cruz é a base da Redenção, da restauração, da criação e da exaltação do Filho vitorioso (Mt 20.28; 1 Co 6.20; 7.23; 1 Pe 1.18-19; Ap 14.3-4). Para Deus. Cristo redime os homens para a glória de Deus (Ef 1.1-14).
5.10 Reino e Sacerdotes. Cf. 1.6n.
5.14 Adoraram. Deus entronizado na glória, e o Cordeiro que é Cristo, são de igual modo adorados (Fp 2 9-11), que revela a unidade do Pai e do Filho.

Índice: Apocalipse 1 Apocalipse 2 Apocalipse 3 Apocalipse 4 Apocalipse 5 Apocalipse 6 Apocalipse 7 Apocalipse 8 Apocalipse 9 Apocalipse 10 Apocalipse 11 Apocalipse 12 Apocalipse 13 Apocalipse 14 Apocalipse 15 Apocalipse 16 Apocalipse 17 Apocalipse 18 Apocalipse 19 Apocalipse 20 Apocalipse 21 Apocalipse 22

Nenhum comentário:

Postar um comentário