Josué 17 — Explicação das Escrituras

Josué 17 — Explicação de Josué

Josué 17 — Explicação de Josué




Josué 17

17.1 Maquir não deve, aqui, ser o filho de Manassés, mas a família. Deve-se compreender pai de Gileade como “ Senhor” ou “possuidor”, de Gileade, território a leste do Jordão.
17.2 Os mais filhos de Manassés ou seja a meia tribo que recebera sua herança a leste do Jordão (13.29-31). Abiezer, “pai de auxílio” (cf. Jz 6.11; 8.2). Heleque, “porção” ou ”igualdade” (cf. Nm 26.30).
17.3 Zelofeade... Manassés. Passaram-se cerca de 400 anos entre a conquista de Josué e o tempo deste primogênito de José. Como muitas outras genealogias, esta não é completa. Noa, “andante”. Tirza, “deleite”. É, também, nome de uma cidade (12.24).
17.4 Ordenou a Moisés. Estas filhas de Zelofeade pediram unia porção particular para seu clã a Moisés, que, então, sob a orientação de Deus, prometeu conceder-lha. Quando se apresentaram à comissão designada para distribuir as heranças, repetiram a palavra de Moisés (cf. Nm27.1-11; 36.5-13), e foram imediatamente atendidas.
17.11 Bete-Seã, pode ser “casa de tranqüilidade” ou -”repouso”. Note-se que a tribo de Manassés recebeu cidades e aldeias no território dei Aser e Issacar, tal como Efraim tinha recebido na herança de Manassés (16.9). A explicação não é fácil. Possivelmente, elementos dos exércitos dessas tribos tiveram mais influência na conquista de certas cidades e assim vieram a ser uma espécie de despojo. Foi no muro da cidade de Bete-Seã que o cadáver de Saul foi afixado pelos filisteus (1 Sm 31.10-13; 2 Sm 21.12). O nome moderno é Beisan onde se encontram muitas ruínas da antiguidade. En-Dor, “fonte de habitação” (cf. 11.2; 12.23). Tornou-se famosa pela visita de Saul a uma médium dessa cidade (1 Sm 28.7).
17.13 Sujeitaram... a trabalhos forçados. É notável como uma coisa de valor (neste caso os escravos cananeus) é guardada, ainda que contra a vontade expressa de Deus. Problemas graves surgiram mais tarde em conseqüência desta desobediência.
17.16 Carros de ferro. Os carros de guerra foram armados de ferro. Foi no décimo terceiro século que se generalizou o usa do ferro, com uma vantagem, humanamente falando, muito grande para os inimigos de Israel. Josué, por outro lado, declara que ter Deus como aliado na luta é de mais valor do que possuir armas de ferro.

Índice: Josué 1 Josué 2 Josué 3 Josué 4 Josué 5 Josué 6 Josué 7 Josué 8 Josué 9 Josué 10 Josué 11 Josué 12 Josué 13 Josué 14 Josué 15 Josué 16 Josué 17 Josué 18 Josué 19 Josué 20 Josué 21 Josué 22 Josué 23 Josué 24