Josué 19 — Explicação das Escrituras

Josué 19 — Explicação de Josué

Josué 19 — Explicação de Josué




Josué 19

19.9 Filhos de Simeão. Aqui encontramos o cumprimento da profecia de Gn 49.7.
19.10 Saride. “Refúgio”.
19.11 Maralá. “Tremor”. Dabesete. “Corcova” ou “corcova de camelo”. Jocneão. ”Possessão do povo” (12.22).
19.12 Quislote-Tabor. “Os flancos de Tabor” ou “confiança de Tabor”. Tabor. “Morro” ou ”colina”. (Cf. Monte de Tabor, Jz 4.6). Daberate. “Terra de pastagens” ou “pastagens” (1 Cr 6.72).
19.13 Gate-Hefer. “Lagar do poço” ou “lagar do morro”. Eraa cidade natal de Jonas o profeta (2 Rs 14.25). Neá. “Tremor” ou “emoção”.
19.14 Hanatom. “Olhando com favor”. Ifta-El. “Deus abre” ou “liberta” (15.43).
19.15 Catate. “Pequeno”, E algumas vezes identificada com Quitrom, em Jz 1.30, ou Cartá, em Js 21.34. Naalal, “pastagem”. Era uma das cidades dos levitas (21.35). Idala. ”Memorial” ou “memorial de Deus”. Belém. “Casa de pão”. Esta cidade se encontrava no norte (herança de Zebulom),e não “Belém Efrata” (Mq 5.2), onde Jesus nasceu, Parece, que Abesa (ou Ibsa - “famoso”), um juiz de Israel; nasceu ali, 10 km ao noroeste de Nazaré.
19.17 Jezreel. “Deus semeia”. E perto do monte Gilboa. Há outra cidade em Judá (15.56). (Veja 1 Sm 25.43; 27.3).
19:18 Quesulote. “Lombos”. Suném “Dois lugares de repouso”.
19.19 Hafaraim. “Dois poços” ou “cavidades”. Siom. “Ruínas” ou “destruição”. O mesmo nome é usado para Monte Hermom (Dt 4.48). Anaarate. “Garganta” ou “caminho estreito”.
19.20 Rabite. “Multidão” ou “lugar vasto”. Quisiom. “Dureza”. Ebes. “Brancura” ou ”brilhante”.
19.21 Remete. “Lugar alto”. En-Ganim. “Fontes dos jardins” (cf. 21.29). Também uma cidade de Judá (15.34). En-Hadá. “Fonte de veemência”. Bete-Pazes, “casa de dispersão”.
19.22 Saazima. “Lugares altos”: Bete-Semes. “Casa do sol”. Houve outra Bete-Semes em Judá (cf. 15.10).
19.26 Carmelo. “Terra de jardim” ou “terra frutífera”. Josué conquistou o rei Jocneão que dominava esta região montanhosa (12.22). Foi aqui que Elias ganhou sua retumbante vitória no nome do Senhor sobre o deus de Jezabel (cf. 1 Rs 18 ; 19.1,2).
19.47 Este versículo deve ser interpretado: “E a heranças dos filhos de Dã saiu deles”... isto significa que seus vizinhos marítimos, os poderosos filisteus, invasores de Creta, uma civilização bem desenvolvida, também estavam conquistando partes de Canaã, e que a falta de os danitas se aproveitarem da série de vitórias de Josué, deixou-os para trás. Apesar de ser uma tribo numerosa, os danitas preferiram escolher outra moradia, onde não se lhes oferecia resistência. Assim também é a luta da fé: fugir do dever, escolher uma batalha mais fácil, é o começo da derrota total em todos os campos (cf. Jz 15.11).
19.49 Deram... a Josué... herança. Era próprio para este grande líder receber uma cidade digna dele; mas foi “segundo o mandado do SENHOR” (50). Pode ser que ele tivesse recebido uma promessa de Deus semelhante àquela feita a Calebe (14.9), mas que não foi escrita neste livro.
19.50 Timnate-Sera. “Porção extra” ou “porção frutífera”. Essa cidade situava-se dentro dos limites da tribo de Efraim, da qual Josué fazia parte (1 Cr 7.27). Com uma pequena mudança de letras em Juízes 2.9, o nome passa a ser Timnate-Heres, “Porção do sol”; aqui Josué foi sepultado. Segundo o Rabi Salomão Jarchi, o nome desta cidade foi mudado depois da morte de Josué, por haverem colocado um distintivo ou figura do Sol sobre o túmulo daquele que mandou parar o Sol.
19.51 Eleazar. “Auxílio de Deus” ou “Deus ajuda”. Este era o terceiro filho de Arão (Êx 6.23; Nm 3.2). Ele era o chefe dos levitas, o segundo depois de Arão em autoridade sacerdotal (Nm 3.32). Os nomes dos outros que, ajudaram na divisão das terras, entre as tribos, estão escritos em Nm 33.19-29.

Índice: Josué 1 Josué 2 Josué 3 Josué 4 Josué 5 Josué 6 Josué 7 Josué 8 Josué 9 Josué 10 Josué 11 Josué 12 Josué 13 Josué 14 Josué 15 Josué 16 Josué 17 Josué 18 Josué 19 Josué 20 Josué 21 Josué 22 Josué 23 Josué 24