2016/05/30

Interpretação de Levítico 5

Interpretação de Levítico 5

Interpretação de Levítico 5



Levítico 5

5:1-5. Agora são apresentados três exemplos de oferta pelo pecado.
5:l. Quando alguém pecar... tendo ouvido... não o revelar. O primeiro exemplo é o da testemunha que se recusa a falar. É O caso de um homem que temia visto um crime sendo cometido ou tenha ouvido algo que ajude na solução de um crime. Ele deve pagar a penalidade do Silêncio se escondeu o que sabia. Isto não faz pensar no castigo do cristão por sua falta de testemunho?
5:2. Quando alguém tocar em alguma coisa imunda. O segundo exemplo é a contaminação cerimonial acidental. Alguém que acidentalmente tocasse em um animal imundo, selvagem ou domesticado, ou em alguma coisa rastejante era culpado. A imundícia do homem também não devia ser tocada. Isto está mais explicado nos capítulos 12-15.
5:4. Quando alguém jurar. O terceiro exemplo é o caso de um homem que faz um juramento ou uru voto precipitado em qualquer ocasião. Embora o homem possa no momento não perceber que errou, é culpado quando a verdade se lhe descortina.
5:6-13. Diversas ofertas eram permitidas para a expiação. Há alguma dúvida sobre se a oferta pelo pecado e a oferta pelos pecados ocultos (5:14,15) não se sobrepõem. Há, contudo, algumas diferenças as quais o leitor cuidadoso notará. Uma ovelha ou cabra devia ser oferecida pelos pecados mencionados em 5:1-4. Para aqueles que não tinham possibilidade de oferecer um animal, duas rolas ou pombinhos (v. 7) eram os prescritos. Para os muito pobres uma medida de flor de farinha (v. 11) era o suficiente.
O Sacrifício pelo Sacrilégio. 5:14 - 6:7.
5:15. Quando alguém cometer ofensa. A oferta pelo pecado (cap. 4) destacava o pecado do qual alguém tomava consciência. A oferta pelo sacrilégio enfatizava aquela situação na qual alguém se sentia culpado, mas não era capaz de especificar sua culpa exatamente. Aqui na oferta pelo sacrilégio ('eisheim), caso parte daquilo que era devido ao Senhor fosse retido – tal como o dízimo, era preciso restituí-lo em dobro. Também se oferecia um carneiro no valor mínimo de dois siclos. O ato do pecado é chamado no hebraico de ma'cal, 'lidar com mentira”.
5:17. Se alguma pessoa pecar. .. ainda que o não soubesse. Se alguém fizer inadvertidamente o que Deus ordenou ao Seu povo que não fizesse, trazia um carneiro como oferta pelo pecado (como acima). Mas não fazia restituição, uma vez que o pecado exato era desconhecido. Esta oferta voluntária ajudava a aliviar mentes e corações perturbados.
6:1-7. Quando alguma pessoa pecar, e cometer ofensa. Esta seção faz parte do capítulo 5 no texto hebraico. O pecado neste caso é um dano à propriedade de outrem por fraude ou violência. Este é o caso em que o pecado se toma conhecido por meio da confissão. Os aspectos legais de tais pecados são discutidos em Êx. 22:7, 8. 

Índice: Levítico 1 Levítico 2 Levítico 3 Levítico 4 Levítico 5 Levítico 6 Levítico 7 Levítico 8 Levítico 9 Levítico 10 Levítico 11 Levítico 12 Levítico 13 Levítico 14 Levítico 15 Levítico 16 Levítico 17 Levítico 18 Levítico 19 Levítico 20 Levítico 21 Levítico 22 Levítico 23 Levítico 24 Levítico 25 Levítico 26 Levítico 27

Nenhum comentário:

Postar um comentário