Levítico 12 — Comentário Devocional

Levítico 12 — Comentário Devocional

Levítico 12 — Comentário Devocional

Levítico 12


12.1-4 - Por que a mulher era considerada “imunda” após o maravilhoso milagre de dar à luz? Isto era devido a secreções e fluxos emitidos pelo corpo durante e após o parto. Estes eram considerados impuros e tornavam a mulher despreparada para entrar no santo Tabernáculo. “Imundo” não significava pecaminoso ou sujo. Deus nos criou macho e fêmea, e ordenou que fôssemos frutíferos e multiplicássemos (Gn 1.27.28). Ele não mudou de ideia e afirmou que o sexo e a procriação agora eram de alguma forma imundos. Ao contrário, Ele fez distinção entre a sua adoração e aquela feita aos deuses e deusas da fertilidade. As religiões cananeias incorporavam prostituição e ritos imorais aos cultos, momento em que as pessoas pediam a seus deuses para aumentar suas colheitas, seus rebanhos e a família. Em contraste, a religião de Israel evitava qualquer conotação sexual. Mantendo adoração e sexo completamente separados. Deus ajudou os israelitas a evitarem confusões com os ritos pagãos. Os israelitas adoravam a Deus corno seu amado Criador e Provedor e lhe agradeciam pelas colheitas abundantes e pelos partos saudáveis.

Índice: Levítico 1 Levítico 2 Levítico 3 Levítico 4 Levítico 5 Levítico 6 Levítico 7 Levítico 8 Levítico 9 Levítico 10 Levítico 11 Levítico 12 Levítico 13 Levítico 14 Levítico 15 Levítico 16 Levítico 17 Levítico 18 Levítico 19 Levítico 20 Levítico 21 Levítico 22 Levítico 23 Levítico 24 Levítico 25 Levítico 26 Levítico 27