2017/11/24

Atos 12 — Comentário Devocional

12.1 - O rei Herodes Agripa I era filho de Aristóbulo o noto de Herodes, o Grande. Sua irmã Herodias foi a responsável pela morte de João Batista (ver Mc 6.17-28). Herodes Agripa I era meio judeu. Os romanos o designaram para governar a maior parte da Palestina, inclusive os territórios da Galileia. Pereia, Judeia e Samaria. Ele perseguiu os cristãos para agradar os líderes judeus, esperando que isto solidificasse sua posição. Agripa I morreu repentinamente em 44 d.C. (ver 12.20-23). Sua morte também foi registrada pelo historiador Josefo.

12.2 - Tiago e João eram dois dos 12 discípulos originais que seguiram a Jesus. Eles pediram a Jesus um reconhecimento especial em seu Reino (Mc 10.35-40). Jesus lhes disse que ser participante de seu reino significaria sofrer com Ele, “beber do mesmo cálice’ (Mc 10.38. 39). Tiago e João de fato sofreram muito; Herodes executou Tiago, e João foi exilado (ver Ap 1.9).

12.2-11 - Por que; Deus permitiu que Tiago morresse e salvou Pedro milagrosamente? A vida é cheia de perguntas difíceis de responder como esta. Por que uma criança ó fisicamente deficiente e outra é atleticamente bem dotada? Por que as pessoas morrem antes de perceber seu potencial? Estas são perguntas que talvez não possamos responder nesta vida, porque não vemos tudo o que Deus vê. Fie permitiu que o mal permaneça neste mundo por algum tempo. Mas podemos confiar na liderança de Deus, porque Ele prometeu que no final destruirá todo o mal Enquanto isso, sabemos que Deus nos ajudará a usar nosso sofrimento em prol de nosso fortalecimento e, ao mesmo tempo, para a sua glória. Para mais informações sobre como Deus usa nosso sofrimento, ver Jó 1.1ss: 2.10; 3.23-26.

12.3 - Pedro foi preso durante a Festa dos Pães Asmos, que durava uma semana e sucedia a Páscoa. Tal prisão foi estratégica, uma vez que na cidade havia mais judeus do que o habitual, e Herodes poderia impressionar mais pessoas.

12.5 - O plano de Herodes era indubitavelmente executar Pedro, mas os cristãos intercederam pela segurança do apóstolo. A oração sincera da Igreja afetou significativamente o resultado dos acontecimentos. A oração muda as situações: então, ore frequentemente e com confiança.

12.7 - Deus enviou um anjo para resgatar Pedro. Os anjos são mensageiros de Deus. São seres criados por Deus e têm poderes sobrenaturais; às vezes, assumem a aparência humana, a fim de falar com as pessoas. Os anjos não devem ser adorados, porque não são a deidade. São servos de Deus, assim como nós.

12.12 - João Marcos escreveu o Evangelho que leva o seu nome. A casa de sua mãe era suficientemente grande para acomodar uma reunião de muitos crentes em Jesus. Um recinto no andar superior dessa casa pode ter sido o local da última ceia de Jesus com seus discípulos (Lc 22.8ss).

12.13-15 - As orações daquele grupo de cristãos foram atendi das como haviam pedido. Mas quando a resposta chegou, eles não creram. Devemos ser pessoas de fé, que creem que Deus responde às orações daqueles que procuram fazer a vontade dEle. Quando você orar, creia que receberá uma resposta. E quando esta vier, não fique surpreso; seja grato!

12.17 - Esse Tiago era um dos irmãos de Jesus; ele tornou-se um líder da Igreja em Jerusalém (15.13; Gl 1.19). O Tiago que foi morto (12.2) era o irmão de João, um dos doze primeiros discípulos.

12.19 - De acordo com a lei romana, os guardas que permitis sem a um prisioneiro escapar estariam sujeitos ao mesmo castigo a ele destinado. Desse modo, os 16 guardas responsáveis por Pedro foram sentenciados à morte.

12.19 - Os judeus consideravam Jerusalém a capital de Israel, mas os romanos fizeram da Cesareia sua sede na Palestina. Ali vivia Herodes Agripa I.

12.20 - As cidades costeiras de Tiro e Sidom eram livres, mas dependiam economicamente da Judeia (veja sua localização no mapa na abertura do livro de Atos). Não sabemos por que Herodes discutiu com os líderes de Tiro e Sidom, mas somos informados de que eles tentaram manter a paz.

12.23 - Herodes teve uma morte horrível; sentiu uma dor intensa; foi literalmente devorado vivo, de dentro para fora, por vermes. Este tipo de morte era considerado uma das mais infames. O orgulho é um pecado sério, por isto Deus escolheu punir Herodes imediatamente. Deus não castiga todos os pecados imediatamente, mas levará todos a julgamento (Hb 9.27). Aceite a oferta do perdão de Cristo hoje. Ninguém deve demorar a aceitá-lo!

12.25 - João Marcos era primo de Barnabé (Cl 4.10). Sua mãe, Maria, frequentemente colocava sua casa ã disposição dos apóstolos (12.12); por esta razão, João Marcos deve ter conhecido a maioria dos grandes líderes da Igreja Primitiva e desfrutado de seus ensinamentos. Mais tarde, ele se uniu a Paulo e Barnabé na primeira viagem missionária mas, por razões desconhecidas, deixou-os no meio da viagem. João Marcos foi criticado por Paulo em virtude de ter abandonado a missão (15.37-39), porém escreveu o Evangelho que leva o seu nome e, mais tarde, foi reconhecido por Paulo como um ajudante vital para o crescimento da Igreja Primitiva (2 Tm 4.11).

Um comentário: