Resumo de Jeremias 22

Resumo de Jeremias 22

Resumo de Jeremias 22


Jeremias 22

Como resultado da mensagem enviada à casa do rei, no capítulo anterior, aqui temos registradas algumas profecias que Jeremias anunciou na corte, em alguns reinados anteriores, para que pudesse ficar evidente que eles tinham recebido bons avisos, com muito tempo antes que fosse pronunciada a sentença fatal sobre eles. Assim, eles tiveram tempo de sobra para evitá-la. Aqui temos: I. Uma mensagem enviada à família real, aparentemente no reinado de Jeoaquim, referente em parte a Jeoacaz, que foi levado cativo ao Egito, e em parte a Jeoaquim, que o sucedeu e agora tinha ascendido ao trono. O rei e os príncipes são exortados a realizar julgamento, e são assegurados de que, se o fizerem, a família real prosperará. Caso contrário, será destruída (vv. 1-9). Jeoacaz, aqui chamado de Salum, é lamentado (vv. 10-12). Jeoaquim é censurado e ameaçado (vv. 13-19). II. Outra mensagem é enviada a ele, no reinado de Joaquim (conhecido como Jeconias), filho de Jeoaquim. Ele é acusado de recusar-se obstinadamente a ouvir, e é amea­çado de destruição, e aqui é predito que a casa de Salomão cairia com ele (vv. 20-30).

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52