Resumo de Jeremias 37

Resumo de Jeremias 37

Resumo de Jeremias 37


Jeremias 37

Este capítulo 37 nos aproxima muito da destruição de Jerusalém pelos caldeus, pois a sua história acontece no período final do reinado de Zedequias; temos nele: I. Uma ideia geral do mau caráter deste reinado, vv. 1,2. II. A mensagem que Zedequias, apesar de tudo, enviou a Jeremias para pedir as suas orações, v. 3. III. As esperanças ilusórias que o povo tinha concebido, de que os caldeus abandonariam o cerco de Jerusalém, v. 5. IV A garantia que Deus lhes deu através de Jeremias (que estava agora em liberdade, v. 4) de que o exército caldeu renovaria o cerco e tomaria a cidade, vv. 6-10. V A prisão de Jeremias, sob o pretexto de que ele era um desertor, vv. 11-15. VI. A bondade que Zedequias lhe demonstrou quando ele estava preso, vv. 16-21.

Índice: Jeremias 1 Jeremias 2 Jeremias 3 Jeremias 4 Jeremias 5 Jeremias 6 Jeremias 7 Jeremias 8 Jeremias 9 Jeremias 10 Jeremias 11 Jeremias 12 Jeremias 13 Jeremias 14 Jeremias 15 Jeremias 16 Jeremias 17 Jeremias 18 Jeremias 19 Jeremias 20 Jeremias 21 Jeremias 22 Jeremias 23 Jeremias 24 Jeremias 25 Jeremias 26 Jeremias 27 Jeremias 28 Jeremias 29 Jeremias 30 Jeremias 31 Jeremias 32 Jeremias 33 Jeremias 34 Jeremias 35 Jeremias 36 Jeremias 37 Jeremias 38 Jeremias 39 Jeremias 40 Jeremias 41 Jeremias 42 Jeremias 43 Jeremias 44 Jeremias 45 Jeremias 46 Jeremias 47 Jeremias 48 Jeremias 49 Jeremias 50 Jeremias 51 Jeremias 52