2019/11/06

Salmo 1 — Estudo Devocional

Salmo 1 — Estudo Devocional

Salmo 1 — Estudo Devocional



Salmo 1


1.1-6 Felizes são. Este salmo serve de introdução a todo o livro de Salmos. É um salmo didático, utilizado para ensinar à comunidade de crentes tanto a importância de conhecer e guardar a Lei de Deus, como também as virtudes e o estilo de vida da pessoa justa, que me- dita nos estatutos de Deus e os guarda. Dois caminhos são contra- postos: o do justo e o dos pecadores. Nos vs. 1-3 se descreve a vida da pessoa piedosa e justa, e nos vs. 5-6, a conduta da pessoa alie- nada de Deus e as consequências da maldade e do pecado. Uma outra tradução possível desses termos seria “o inocente” e “o revoltado” (veja a introdução). São duas atitudes em relação a Deus: aqueles que o rejeitam (revoltados), e aqueles que rejeitam o mundo que rejeita a Deus (o justo, ou inocente).

1.1 não se juntam com os que zombam. Melhor do que ser aceito em qualquer grupo é ser uma pessoa íntegra, que se orienta por valores saudáveis, capaz de rejeitar coisas ruins e inúteis. O meio social por vezes nos pressiona a práticas inconvenientes: seremos mais felizes se as discernirmos os grupos que fazem o mal e resistirmos, mesmo que soframos isolamento ou críticas. A vida verdadeiramente feliz é a vivida com boa consciência, refletindo o espírito de Cristo. No decorrer do tempo é assim que colheremos os melhores frutos.

1.2 nessa lei eles meditam dia e noite. Aquele que conhece a Deus e quer aprender mais dele e agradá-lo é feliz, porque ama e medita nos preceitos de Deus, e os põe em prática. Por isso ele não imita nem segue o estilo de vida daqueles que não respeitam a Deus ou se opõem a ele.

1.3 árvores que crescem. A vida da pessoa justa é semelhante a uma árvore saudável, verde e frondosa, com a qual se pode contar: ela dá seus frutos no tempo devido, suas folhas não caem e dá boa sombra e frescor. Os resultados dessas escolhas acertadas do justo são: saúde, vitalidade e uma boa realização para seus propósitos.

1.4 o mesmo não acontece com os maus. Em contraste, a vida e o destino dos malvados são comparáveis à condição frágil e de curta duração da palha, que logo se deteriora e desaparece.

1.5-6 ficarão separados. Aquele que não quer saber de Deus exclui a si mesmo do companheirismo e da comunhão com ele, e fica sem o cuidado e a proteção que Deus oferece aos que o buscam. Da mesma forma, aquele que se revolta contra Deus se afasta também de seus semelhantes, para seguir um caminho que leva à ruína.

Índice: Salmo 1 Salmo 2 Salmo 3 Salmo 4 Salmo 5 Salmo 6 Salmo 7 Salmo 8 Salmo 9 Salmo 10 Salmo 11


Nenhum comentário:

Postar um comentário